Série B: Guarani revela ameaças de torcedores a funcionários em “invasão”

A confusão foi entre torcedores e segurança do clube

Categorias: Futebol Interior

Por: Agência Futebol Interior, 18/05/2022

guarani 2 e1652929962281
Torcida chamou presidente Moisés de 'mentiroso'

Campinas, SP, 18 (AFI) – O presidente do Guarani, Ricardo Moisés, falou sobre a confusão envolvendo torcedores e seguranças do clube na noite desta terça-feira, após a saída da delegação do Brinco de Ouro da Princesa rumo ao Aeroporto de Viracopos.

O mandatário condenou a ação dos torcedores, falou em invasão, revelou ameaças e prometeu punir todos os envolvidos, claro, se identificado.

“O Guarani oi invadido por um grupo de 20 pessoas. Houve arrombamento de grades e ameaças a funcionários. Não se tratou de um protesto pacífico. Muito pelo contrário. O  Guarani já trabalha para identificar os responsáveis por esses atos e levar isso às autoridades competentes. Não iremos aceitar nenhum ato de vandalismo contra o patrimônio do Guarani e muito menos ameaças aos nossos funcionários, que estão focados, trabalhando para que o clube atinja os objetivos na competição”, falou o mandatário.

guarani 2
Ricardo Moisés falou sobre a situação do Guarani

Nos vídeos publicados nas redes sociais, um segurança do Guarani chegou a dar um tiro para o alto para evitar a aproximação dos torcedores.

SÉRIE B

Apesar de não perder há quatro jogos, o Guarani ocupa a 17ª colocação da Série B, com sete pontos. O próximo desafio é diante do Vasco da Gama, nesta quinta, na Arena da Amazônia.

Confira também: