Série A2: Jogadores falam em superação no São Bento!

O Bentão subiu junto com a Lusa à elite do estadual em 2023

A equipe poderá sofrer um desmanche com o término da Série A2 do Paulista

Categorias: Futebol Interior

Por: Rivail Oliveira, 18/04/2022

jogadores do São Bento comemorando com bandeira
Jogadores do São Bento comemorando o acesso à elite do Paulista. (Foto: Neto Bonvino/São Bento)

Sorocaba, SP, 18 (AFI) – Tristeza, mas com a consciência do dever cumprido. Esse era o clima no São Bento entre os jogadores depois da final da Série A2, na derrota por 2 a 0, para a Portuguesa na noite deste domingo no Canindé. O primeiro jogo havia sido 1 a 1 em Sorocaba. Resultado que deu ao time de Sorocaba o vice-campeonato da Série A2. O elenco, porém, destacou ao final da competição, a superação do grupo, das dificuldades enfrentadas durante todo o campeonato.

Em entrevista par a Rádio Cruzeiro FM de Sorocaba, o volante Serginho avaliou:  “É doído perder uma final, mas estamos conscientes de como foi duro conseguir esse acesso e levar o time de volta à primeira divisão. Fizemos um primeiro jogo muito bom e o de hoje foi muito igual. Todo grupo está de parabéns por essa campanha”, disse o volante.

O atacante Marcos Nunes destacou as dificuldades principalmente fora de campo. “Sabemos das dificuldades que passamos. É lógico que queríamos o título, porém, valeu o acesso. Agora vamos aguardar o segundo semestre”, frisou.

O lateral Eliandro afirmou que foi gratificante obter o acesso, mas o objetivo também era conquistar o título. “Só quem está aqui dentro sabe das dificuldades que passamos, mas estamos entre os dois melhores dos 16 times participantes e isso que importa”, destacou o jogador que teve três acessos seguidos: Segundona, A3 e A2.

O goleiro Zé Carlos parabenizou a Portuguesa pelo título e ao grupo do São Bento pelo trabalho que levou ao acesso. Segundo ele tudo foi feito da melhor forma possível. “Formamos aqui uma família nestes cinco meses, um grupo forte com comprometimento” disse o goleiro, que ainda não definiu seu futuro, e demonstrou interesse em retornar para a disputa do Paulistão. O goleiro tem proposta de um time de Santa Catarina.

DESAFIOS AZUIS

O clube vive a partir desta segunda-feira a realidade de começar a discutir o futuro. O próximo campeonato é a Copa Paulista, no segundo semestre. O treinador Paulo Roberto tem propostas de vários clubes fortes do interior e sua saída pode ser uma realidade.

Em contrapartida, o presidente Almir Laurindo, em meio às dificuldades financeiras, terá outro desafio, montar um time para o Paulistão de 2023.

Confira também: