Capitães das seleções da Holanda promovem boicote a programa de TV por racismo

O principal motivo da comoção é os comentários de um dos apresentadores, o ex-jogador de futebol Johan Derksen

Publicado em .

O principal motivo da comoção é os comentários de um dos apresentadores, o ex-jogador de futebol Johan Derksen

Campinas, SP, 23 - Os capitães das seleções masculina e feminina da Holanda começaram a organizar um boicote a um programa de TV do país pelos contínuos comentários de cunho racista. O zagueiro Virgil Van Dijk, do Liverpool, e a goleira Sari Van Veenendaal, do Atlético de Madrid, querem que a população deixe de acompanhar e os patrocinadores não invistam mais dinheiro em uma atração chamada Veronica Inside, do canal Talpa.

O principal motivo da comoção é os comentários de um dos apresentadores, o ex-jogador de futebol Johan Derksen, de 71 anos.

PROTESTOS

Nos protestos recentes do movimentos antirracistas pelo mundo, Derksen comparou a fisionomia de um dos manifestantes a um personagem do folclore holandês chamado Zwarte Piet, que atua como ajudante de Papai Noel e usa maquiagem preta no rosto.

A ligação entre o manifestante e o personagem causou polêmica na Holanda porque apesar da figura natalina ser popular entre as crianças, faz referência à época em que os atores negros não podiam atuar no cinema, teatro e na televisão e eram substituídos por brancos que recebiam uma maquiagem facial.

NOTA OFICIAL

Em nota, a emissora minimizou o episódio e disse que não se responsabiliza pelos comentários do apresentador.

"Isso não tem mais lugar e não tem mais nada a ver com humor. Esta não é a linguagem do futebol. Cruzou a linha. Não é a primeira nem a segunda vez. Repete-se sempre. Basta", escreveram os dois capitães em um manifesto. O ex-jogador da seleção holandesa, Edgard Davids, também criticou o apresentador. "Não é a primeira vez que coisas racistas foram ditas e quase sempre isso tem sido deixado de lado. Agora todo mundo já está cansado disso", afirmou.

OUTRAS POLÊMICAS

O apresentador questionado teve outras polêmicas no passado por comentários considerados preconceituosos. Recentemente ele afirmou que uma política holandesa com origem familiar no Suriname parecia um macaco. Depois, Derksen comentou que o nível do futebol amador holandês estava ameaçado pelo aumento da presença de atletas marroquinos.