Paulista A3: Meia é o primeiro nome confirmado pelo Noroeste para a próxima temporada

O polivalente e homem de confiança do técnico Luiz Carlos Martins vai para seu quarto Campeonato Paulista consecutivo pelo Noroeste

Ele tem 50 jogos pela camisa do clube

Categorias: Futebol Interior

Por: Agência Futebol Interior, 10/11/2021

DSC5493
John Egito em atuação pelo Noroeste - Foto: Bruno Freitas/Noroeste

Bauru, SP, 10 (AFI) – Confirmado! O meio-campo John Egito, 26 anos, um dos destaques do Noroeste nas três últimas Série A3 e na Copa Paulista deste ano, está confirmado pela diretoria do clube para a temporada 2022. O jogador chegou ao clube na pré-temporada para o Paulista de 2019, com 23 anos, e completou 50 jogos com a camisa do Norusca na última partida contra o Botafogo, em Ribeirão Preto (SP), pela Copinha.
John Adams Egito da Silva é natural de Barreiras (BA), é destro e tem 1,69m de altura. O perfil agrada o técnico Luiz Carlos Martins. Sobra fôlego e intensa competitividade na marcação, além da qualidade do passe e velocidade no contra-ataque. John chamou a atenção da comissão técnica do time ainda em 2018, quando fez uma ótima Série B do Paulista daquele ano, pelo Osvaldo Cruz. Desde o primeiro treino coletivo, na época, agradou.
O jogador chegou como volante, mas passou a ser meia e fazer a função de terceiro homem de meio-campo. Também já entrou de atacante de beirada e foi lateral quando o grupo precisou.
“Eu iniciei minha jornada no futebol pelo Osvaldo Cruz, em 2014, ainda na base, e me profissionalizei em 2016, com 21 anos. Antes, estava em Belo Horizonte, no Santa Cruz, aí fui observado por integrantes da comissão do Osvaldo Cruz e me levaram para o interior de São Paulo. Depois de passar 4 anos por lá, o presidente do clube, na época, me indicou para o Noroeste, através da amizade dele com o treinador Betão Alcântara. O técnico do Norusca na época gostou de mim e estou aqui até hoje, pronto, renovado e em busca do nosso grande objetivo, que é finalmente o acesso”, comenta.
50 JOGOS
O jogador se diz satisfeito pela marca de 50 jogos oficiais. “É muito gratificante chegar nessa marca pelo Noroeste. Dificilmente um jogador chega nesse número atualmente. Fico muito feliz por esse privilégio. O torcedor tem um carinho grande por mim e eu por eles. Iremos trabalhar muito, podem ter certeza. Darei o meu melhor”, acrescenta.
Após as eliminações nas fases finais da A3 em 2019, 2020 e 2021, John destacou aquela que foi a mais dolorida. “Todas foram difíceis de assimilar, mas a de 2019 foi a que mais doeu, por motivo de ser meu primeiro ano e conseguir uma campanha maravilhosa, ter batido recordes do clube. Mas, infelizmente, o acesso não veio e saímos nas quartas. Creio que nas três edições a gente tinha ótimas equipes e éramos favoritos em todas elas, mas infelizmente nem sempre o favoritismo se sobressai. Teremos que ter ainda mais foco desta vez. Espero que seja uma equipe muito forte, competitiva, unida e bastante focada no nosso objetivo que é o mais importante, o acesso”, finaliza o jogador.
REAPRESENTAÇÃO
O Noroeste definiu 14 permanências de atletas do atual elenco, que será a espinha dorsal da equipe. O Alvirrubro decidiu não divulgar os nomes antes do dia 16, quando o grupo se reapresenta às 15h30 no Centro de Treinamento.
Há uma coletiva de imprensa já agendada pelo clube e a imprensa de Bauru para ocorrer na quarta-feira, dia 17, às 11h. Nela, Luiz Carlos Martins falará sobre os perfis de reforços, balanço das últimas temporadas e a pré-temporada que inicia com dois meses de antecedência.
A Série A3 do Campeonato Paulista ainda não tem data para iniciar, mas deve ocorrer entre a última semana de janeiro e a primeira de fevereiro.

Confira também: