Sérgio Carvalho: Presidente do Santos mostra trabalho na Vila Belmiro

Administrou dívidas emergenciais, buscou patrocinadores e foi sincero no tratamento com os jogadores

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

Depois de algumas administrações caóticas e que cometeram erros graves ao ponto de quase enterrar as finanças do Santos, parece que o alvinegro praiano achou um presidente que poderá recuperá-lo à curto prazo, tanto dentro como fora de campo.

Poderá até fazê-lo voltar aos seus melhores dias quando havia dinheiro em caixa, o elenco era bom e clube conseguia ganhar alguns títulos. Falo de Andrés Rueda, que lançou sua candidatura ao cargo no rush final de 2020 e que mesmo com vários adversários na disputa, conseguiu vencer as eleições e assumiu o cargo que é cobiçado por muita gente em toda Baixada Santista.

Mesmo porque, ser presidente do Santos sempre abre portas tanto na cidade de Santos como fora dela. Por isso a concorrência entre candidatos à presidência do clube são sempre polêmicas e bastante disputadas.

Rueda: disposição e esperança para o falido Santos
Rueda: disposição e esperança para o falido Santos

VEIO DE LONGE
Rueda era um autêntico desconhecido para quem, como eu, vive a mais de 500 quilômetros de Santos. Mas hoje, depois dele já ter cumprido três meses de mandato (assumiu em janeiro de 2021), tenho condições de falar alguma coisa sobre sua atuação como presidente de um dos clubes do futebol brasileiro mais conhecido no mundo.

Nem bem assumiu e Rueda já arregaçou mangas e entrou de sola na solução dos problemas do clube. Primeiro fez questão de conversar com o elenco de jogadores que tinha muito dinheiro a receber devido ao atraso de salários, direitos de Arena e prêmios.

SINCERIDADE E PEITO ABERTO
Ele foi sincero na reunião com os atletas e abriu o jogo. Queria contar com a dedicação de todos nas competições que o Santos disputava naquele momento e prometeu que todo dinheiro que entrasse no caixa do clube, seria utilizado para resolver os débitos com o elenco.

E isso foi feito. Em especial depois que o Santos chegou às finais da Copa Libertadores e recebeu um bom dinheiro tanto da Conmebol como da televisão.

Soteldo continua no Santos
Soteldo continua no Santos

JOGOS DA LIBERTADORES
Outro problema que Rueda atacou de frente naquele momento foi garantir a presença de Luan Peres, Diego Pituca e Lucas Veríssimo nos jogos decisivos da Libertadores. Conversou com os jogadores e com os clubes interessados em contratá-los e conseguiu mantê-los no elenco até o jogo decisivo daquela Copa.

Assim que ela terminou, Luan Peres teve seu passe comprado; Diego Pituca foi negociado com o Kashima Anthers, do Japão e o zagueiro Lucas Verissimo transferiu-se para o Benfica, de Portugal, que já havia comprado seu passe.

DÍVIDA ANTIGA
Paralelamente, Rueda resolveu também uma dívida antiga na compra de Felipe Aguilar (que pertencia ao Atlético Nacional) e procurou o Huachipato, do Chile, para comprar definitivamente o passe de Yeferson Soteldo, que estava emprestado ao Peixe a mais de um ano.

Soteldo, como consequência, passará a ter passe preso ao Santos e, em qualquer venda para o Exterior, o dinheiro vai entrar todinho no caixa do Santos.

TÉCNICO DIZ TER ORGULHO DE COMANDAR O SANTOS

Espaço incorporado por HTML (embed)

MAIS PATROCINADORES
Outra decisão importante do atual presidente santista, foi sair a campo para achar mais patrocinadores para o clube, que precisava de dinheiro com urgência. Nos últimos dias Rueda fechou um contrato de 9 milhões de reais com a SumUp, empresa de finanças, que passará a ter sua logomarca na camisa do clube.

Também vai procurar acertar a renovação dos contratos do zagueiro Cleber Reis, que estava emprestado à Ponte Preta, de Campinas, e acaba de voltar à Vila e do meia Sanchez, uruguaio de 36 anos, que já disse que pretende encerrar sua carreira no Santos.

OPÇÕES AO ARGERTINO
Com isso, Rueda vai dar mais uma boa opção ao técnico Ariel Holan, que tem nas mãos um elenco onde ainda faltam peças e que passará a contar com a experiência e o excelente futebol desse famoso meia.

Por tudo isso, fica provado que o Santos teve muita sorte nas últimas eleições. Passou a contar com a competência de Andrés Rueda na sua presidência e poderá, graças ao bom trabalho que vem realizando, dar outra vez muitas alegrias à torcida do Peixe.

Que essa previsão se confirme, é o meu desejo sincero!!!

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos