Campinas e outras praças em destaque

Campinas e outras praças em destaque

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Eis aí assuntos diversos de Campinas e de fora

1- Circularam informações nos corredores do Estádio Brinco de Ouro de que o treinador Renê Simões teria pedido R$ 120 mil de salário, fora acerto com demais membros da comissão técnica, para assinar com o Guarani. Se confirmadas, claro está que o pedido fugiu do padrão do clube, que descartou a contratação.

2 - O fato de o atacante pontepretano Dadá ter discutido com torcedor, através das redes sociais, não seria suficiente para punição de uma semana e multa. O que de certo pesou foi ter exposto o momento de descontração do elenco em um churrasco.

3 - Sei lá eu sobre a validade de uma intertemporada de quatro dias para aproximação do elenco da Ponte com comissão técnica. Correndo o time já está. Problemas são ajustes, e aí no blá-blá-blá não se resolve. É preciso treino para acertar posicionamento e eficiência.

4 - Frutos já são colhidos pelo treinador João Brigatti, na passagem pelo futebol nordestino. Levou o Sampaio Corrêa ao acesso à Série B do Brasileiro, após vitória por 3 a 2 sobre o São José (RS). Brigatti é motivador e aos poucos agrega outros conceitos na parte tática.

5 - Estado de Sergipe foi à loucura com acesso do Confiança à Série B. Resta saber se será mais um bate-volta.

6 - Como não houve 'chiadeira' para o horário do jogo da Seleção Brasileira contra os peruanos, a 0h de desta terça para quarta-feira, a dedução lógica é que esse time do treinador Tite já não empolga.

7 - Sinceridade do treinador Rogério Ceni, ao criticar duramente a postura de seu Cruzeiro, goleado por 4 a 1 para o Grêmio, em BH, foi criticada por aí. Ao citar que estava envergonhado, e que só ficaria no clube se concordarem com mexidas drásticas, Rogério propôs sacudir com boleiros que há tempos optaram pela sonolência em campo.

8 - Coluna Memórias do Futebol continua ativa. Personagem da semana é o então goleiro argentino Andrada, felecido neste quatro de setembro.

9 - Coluna Cadê Você igualmente está de volta. Saiba a história do treinador Jorginho, ex-Ponte Preta, desde os tempos em que foi Atleta de Cristo.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos