Mato-grossense: Cuiabá questiona show de Gusttavo Lima na Arena Pantanal e preza por gramado

Realização do evento pode prejudicar o gramado

Cuiabá está preocupado com sua estreia na Copa Sul-americana

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Estado, 09/02/2022

pantanal
Arena Pantanal, estádio em que o Cuiabá manda seus jogos - Foto: Divulgação

Cuaibá, MT, 9 – O vice-presidente do Cuiabá, Cristiano Dresch, afirmou que, nos próximos dias, a Conmebol fará uma recomendação para que o show do Gusttavo Lima, marcado para o dia 19 de março, não seja na Arena Pantanal. A estreia da equipe mato-grossense na Copa Sul-Americana acontece no início de abril e, caso o evento seja realizado, há chances da entidade vetar o estádio, por não estar em condições ideais para uma partida de futebol.

RECLAMAÇÃO

Apesar do governo estadual ter garantido na última semana que a realização do show não inviabilizaria o uso do estádio, com a justificativa que todo gramado seria trocado, o clube não acredita que duas semanas serão suficientes para recuperar o estado do campo.

“A gente faz questão de cuidar do nosso gramado, até porque é o ponto principal para competição de alto nível. Ele nunca esteve tão bom como hoje. A Sul-Americana é uma competição muito importante para nós e não queremos perder o mando de campo por conta disso”, afirma o vice-presidente do Cuiabá.

Dresch também ressalta que o custo para trocar o gramado não será baixo e que os próprios organizadores do evento deveriam arcar com este valor. “O preço estimado da troca é de R$ 1 milhão. O tapete que eles pretendem colocar terá 10 centímetros de altura. Esse tapete acaba com a drenagem do gramado. Quando chover vai virar uma lagoa”, afirma.

Segundo o dirigente, a empresa World Sports, responsável por cuidar do gramado da Arena, deve emitir um lado com a justificativa de que o tempo mínimo para deixar o local em boas condições é de 60 dias.

Confira também: