Timão desbanca Flu e é campeão de arrecadação em 2010. Veja o ranking!

Um fato curioso foi a ausência do campeão da Libertadores 2010, Internacional

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 09 (AFI) – O Fluminense foi o campeão brasileiro dentro de campo. No entanto, no quesito arrecadação, quem riu por último foi o Corinthians. Mesmo depois de encerrar o ano do centenário sem nenhum título, o Timão foi quem mais lucrou na temporada, com R$ 59,5 milhões arrecadados. Por outro lado, o Tricolor das Laranjeiras ficou apenas na décima posição, com R$ 18,5 milhões. As informações são do estudo Patrocinadores do Futebol Brasileiro, realizado pela Trevisan Gestão do Esporte.

Outras surpresas ficaram por conta de Flamengo e São Paulo. O clube da Gávea, mesmo após ter quase amargado o rebaixamento, ficou na segunda posição, com R$ 57 milhões. Um pouco mais abaixo aparece o Sampa, que arrecadou um total de R$ 46 milhões.

Nos quarto e quinto lugares ficaram mais dois times paulistas. O Palmeiras recebeu um total de R$ 27,7 milhões, enquanto o Santos encheu seus cofres com R$ 24,5 milhões. Em seguida estão Cruzeiro (R$ 23 milhões), Grêmio (R$ 22,1 mi), Vasco (R$ 21,2 mi), Atlético-MG (R$ 21 mi) e Fluminense (R$ 18,5 mi).

Um fato curioso foi a ausência do campeão da Libertadores 2010, Internacional. O time não figurou nem entre os dez clubes anunciados, tendo em vista que grande parte de sua arrecadação provém do programa de sócio-torcedores.

O levantamento leva em conta os rendimentos oriundos de patrocínio máster (que dá direito de estampar a marca no peito e nas costas do uniforme), patrocínios complementares (que envolve outras partes do uniforme e propriedades do time) e de fornecedores de material esportivo.

Confira o ranking dos dez clubes que mais arrecadaram em 2010:

Corinthians - R$ 59,5 milhões
Flamengo - R$ 57 milhões
São Paulo - R$ 46 milhões
Palmeiras - R$ 27,7 milhões
Santos - R$ 24,5 milhões
Cruzeiro - R$ 23 milhões
Grêmio - R$ 22,1 milhões
Vasco - R$ 21,2 milhões
Atlético Mineiro - R$ 21 milhões
Fluminense - R$ 18,5 milhões