Copa Paulista: Após longa espera, XV de Piracicaba reencontra torcida em estreia

Time e torcida se reencontram às 16h00 deste sábado pela abertura do torneio estadual

por Agência Futebol Interior

Piracicaba, SP, 03 (AFI) - O XV de Piracicaba vai completar neste sábado, exatamente quatro meses sem entrar em campo em uma partida oficial. A última vez foi no estádio Brinco de Ouro da Princesa, contra o Guarani, pelo segundo jogo das semifinais do Campeonato Paulista Série A2. Quando se trata de Barão da Serra Negra, soma-se a essa conta mais quatro dias. Mas a espera está chegando ao fim. Time e torcida se reencontram às 16h00 deste sábado pela abertura da Copa Paulista.

O adversário de estreia pelo grupo 2 do torneio será o Red Bull, confronto que marca ainda o primeiro jogo de Fahel Júnior à frente do Nhô Quim. “Estamos nos preparando há pouco mais de um mês. Claro que, com o decorrer da competição, a equipe tende a pegar ritmo, a melhorar. Os jogos-treino serviram para eu observar o elenco, todos tiveram chance de jogar”, afirmou o treinador, que contou com 22 contratações no processo de montagem do seu plantel.

Após longa espera, XV reencontra torcida em estreia na Copa Paulista
Após longa espera, XV reencontra torcida em estreia na Copa Paulista
O fato de muitos atletas jovens terem chegado para integrar o elenco do Alvinegro não faz com que o comandante tenha receio com relação a pressão pelo resultado dentro de casa. “Uma hora aparece a chance e eles têm que jogar. Isso não me assusta. O futebol atualmente está assim, cada vez mais precoce. O preparo psicológico é preciso ter sempre. Eles estão cientes que a torcida cobra, mas apoia também, e estão preparados para isso”, falou.

No entanto, nem só de jovens é formado o grupo quinzista. Há, inclusive, peças com vivência internacional, casos do lateral-deito Mario Sérgio, 26 anos (ex-Alvarenga de Portugal), do meio-campista Renan Zanelli, também de 26 anos (com atuações na Holanda e na Espanha), e do atacante Marcelo Fernandes, 27 anos (que conta com passagens por Áustria, Mianmar e Vietnã).

SEGUIRAM NO BARÃO
Outros já foram campeões pelo clube e estão de volta (o lateral-esquerdo Samuel e o atacante Romarinho) e os remanescentes das últimas campanhas (os goleiros Luiz Fernando e Leonardo, o zagueiro Hugo, o volante Fraga, os meio-campistas André Cunha e Rafael Rosa e o atacante Danilo Melega), além dos garotos oriundos das categorias de formação do XV.

Para este desafio inicial, Fahel sabe que terá pela frente um forte rival, que possui peças de renome no cenário brasileiro. “O Red Bull é uma equipe que conta com uma mescla de jogadores jovens com experientes. Alguns com uma boa rodagem, vivência na Série A1 do Campeonato Paulista e com atuações em grandes times do futebol brasileiro. Com certeza, será um jogo difícil e temos que estar prontos para encará-los de igual para igual”, comentou.

 
 
" />