Com xará de craque do PSG, confira a Seleção FI da Copa Paulista

Eric Di Maria estreou pelo Marília e aparece entre os melhores da terceira rodada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 15 (AFI) - O primeiro turno da fase de classificação da Copa Paulista chegou ao fim. Ou pelo menos para a grande maioria das equipes. Com exceção do confronto entre Velo Clube e Comercial, marcado para quarta-feira, a terceira rodada aconteceu neste sábado.

Portuguesa e XV de Piracicaba venceram e mantiveram os 100% de aproveitamento. O Portal Futebol Interior acompanhou os confrontos e traz a seleção com os melhores da rodada, escalada na formação 4-1-2-1-2.

A Portuguesa segue 100%
A Portuguesa segue 100%

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA TERCEIRA RODADA DA COPA PAULISTA!

Goleiro: Tom (Ferroviária) - O começo do duelo diante do Atibaia foi de total domínio da equipe mandante. O Falcão pressionava em busca do gol e chegava de todas as formas ao ataque. Neste momento, brilhou a estrela de Tom. Com grandes defesas, segurou o ímpeto do Atibaia e, como recompensa, saiu vitorioso do confronto.

Cleiton Savedra deixou sua marca (Foto: Elcio Fabretti)
Cleiton Savedra deixou sua marca (Foto: Elcio Fabretti)

Lateral-direito: Cleiton Savedra (XV de Piracicaba) - Seguro, fez uma grande partida defensivamente e ainda apareceu como elemento surpresa no ataque para abrir o marcador na vitória do XV de Piracicaba por 2 a 0 para cima da Inter de Limeira, em um jogada dos laterais. Foi o dono do setor e uma válvula de escape do Alvinegro Piracicabano.

Zagueiro: Jussani (Portuguesa) - Seguro lá trás, Jussani dá tranquilidade ao sistema defensivo que tomou só um gol em três rodadas na Copa Paulista. Contra o Água Santa, o xerifão ainda quase fez um gol antológico de antes mesmo do meio-campo. Ele viu o goleiro David adiantado e bateu. A bola acertou o travessão.

Zagueiro: Nicolas (São Bernardo) - O São Bernardo venceu a Ponte Preta, de virada, por 2 a 1, no ABC Paulista, e contou com ótima exibição do zagueiro Nicolas. É verdade que nos primeiros 45 minutos o time do Bernô não se encontrou, mas na etapa final houve melhora e o resultado positivo foi garantido. Nicolas, mesmo sendo zagueiro, marcou o segundo gol em ótima cobrança de falta, sem chances de defesa para o goleiro Romário. O São Bernardo segue bem na competição, enquanto a Macaca ainda não venceu.

Lateral-esquerdo: Diogo Calixto (Marília) - O camisa 6 alviceleste foi participativo na vitória por 4 a 3 diante do Rio Preto, responsável por colocar o Marília na vice-liderança do Grupo 1 da Copa Paulista. No quarto gol, rolou a bola para Júnior Santos bater de longe e fechar o placar.

Volante: André Rocha (Nacional) - André Rocha é um dos líderes do elenco do Nacional na Copa Paulista. No empate com o Guarani, por 2 a 2, em Campinas, ele chamou a responsabilidade no primeiro pênalti assinalado, foi para a cobrança e balançou as redes. Ainda no primeiro tempo ele poderia ter feito o segundo gol em novo pênalti, mas acabou parando no goleiro Carlos Henrique, o que não "mancha" sua ótima atuação na partida deste sábado, já que também mostrou qualidade para ajudar na marcação, principalmente no final do jogo quando o time campineiro foi para cima em busca da vitória.

Di Maria está na Seleção FI (Foto: Matheus Dahsan/Marília)
Di Maria está na Seleção FI (Foto: Matheus Dahsan/Marília)

Meia: Eric Di Maria (Marília) - Que estreia do novo camisa 10 maqueano! O "xará" do craque do PSG e da seleção argentina fez jus ao apelido e, com um belo gol, batendo de chapa, abriu caminho para a vitória do Marília por 4 a 3 diante do Rio Preto.

Meia: Rafael Compri (Portuguesa Santista) - Lateral-direito de origem, Rafael Compri teve que entrar improvisado como meia pelas beiradas do campo no lugar de Kaue ainda no primeiro tempo do confronto contra o Juventus. E simplesmente mudou o rumo da partida. Sofreu pênalti no primeiro gol e marcou o segundo na vitória da Briosa por 2 a 0.

Meia: Léo Costa (Portuguesa Santista) - Foi o nome da vitória da Portuguesa Santista por 2 a 0 para cima do Juventus. O jogador ditou o ritmo do duelo e ainda abriu o placar em cobrança de pênalti. É o motorzinho da equipe e hoje terminou como o principal destaque.

Atacante: Adílson Bahia (Portuguesa) - O ataque é o grande destaque da Portuguesa na Copa Paulista. E o camisa 9 tem feito sua parte. Neste sábado, Adílson Bahia estava no lugar certo e na hora certa para marcar seu terceiro gol no torneio.

Atacante: João Paulo (Guarani) - Promessa da base do São Paulo, João Paulo não vingou, chegou no Guarani para deslanchar e acabou caindo do time profissional para os selecionados da Copa Paulista. Independente disso, o jogador mostrou comprometimento e foi um dos melhores em campo do Bugre no empate com o Nacional, por 2 a 2, no Brinco de Ouro. Foi ele que começou a jogada do primeiro gol e que marcou o segundo no final do segundo tempo. Será que JP mostrará que pode ajudar o clube na Série B?

Técnico: Moisés Egert (XV de Piracicaba) - A boa fase do Nhô Quim na Copa Paulista também passa pelo seu comandante. Com a vitória no clássico diante da Inter de Limeira, a equipe de Piracicaba ganhou ainda mais moral na competição, além de ter mantido os 100% de aproveitamento e a liderança isolada do Grupo 3.