Seleção FI do Brasileirão vem recheada de craques e com ataque de peso

O técnico escolhido para comandar a equipe foi Cuca, que deu nó tático em Sampaoli

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) - A 14ª rodada do Campeonato Brasileiro terminou com o Santos na liderança, mesmo após a derrota para o São Paulo, por 3 a 2, no Morumbi. O Palmeiras segue na segunda posição, com 29, mas viu Flamengo e Atlético Mineiro encostaram com 27. São Paulo e Corinthians têm 24.

A Seleção FI vem com nomes importantes do futebol brasileiro, principalmente o setor ofensivo, formando por Dudu, do Palmeiras, Gilberto, do Bahia, e Alexsandre Pato, do São Paulo. Arrascaeta, do Flamengo, vem como o camisa 10.

O técnico escolhido para comandar a equipe foi Cuca, que deu nó tático em Sampaoli e quebrou um longo tabu do São Paulo de não vencer clássicos. O Tricolor vai pouco a pouco entrando na briga pelo título.

Confira a Seleção FI da 14ª rodada do Brasileirão:

Gatito Fernández brilhou pelo Botafogo
Gatito Fernández brilhou pelo Botafogo
Goleiro: Gatito Fernández (Botafogo)

A vitória do Botafogo por 2 a 1 para cima do Athletico Paranaense tem um nome: Gatito Fernández. O goleiro vem salvando a equipe carioca em vários momentos e, mais uma vez, não foi diferente. Fez quatro defesas difíceis que deu total condição para o Fogão virar para cima do rival.

Lateral-direito: Patrick (Atlético-MG)

Muitas vezes contestado, raramente deixa de se entregar dentro de campo . Na vitória sobre o Fluminense, fez um jogo de muita intensidade, com participação decisiva nas jogadas de ataque quando avançava no campo. Diante de um Flu ofensivo, também foi importante para a contenção defensiva.

Zagueiro: Victor Cuesta (Internacional)

Na manhã de domingo, Internacional e Corinthians fizeram uma partida bastante disputada no Estádio Beira Rio mas não saíram do zero a zero. Muito disso graças ao zagueiro Victor Custa, que foi um dos destaques da zaga colorada, com precisão nos desarmes e também chegando como homem surpresa ao ataque.

Zagueiro: Quintero (Fortaleza)

Após ficar três jogos sem vencer, o Fortaleza enfim voltou aos caminhos das vitórias ao bater o CSA, fora de casa, no Estádio Rei Pelé, pelo placar de 2 a 0. Apesar de não ter sofrido muito na defesa, um dos destaques do Tricolor do Pici foi o zagueiro Quintero, que foi eficaz no setor defensivo e apareceu algumas vezes como homem surpresa no ataque.

Lateral-esquerdo: Henrique (Vasco da Gama)

Henrique fez uma boa partida pelo Vasco da Gama na vitória por 1 a 0 sobre o Goiás. O jogador foi o dono do lado esquerdo de campo, que acabou sendo uma das válvulas de escape do time. Detém da confiança de Vanderlei Luxemburgo e tem crescido na competição.

Arão é o cão de guarda da seleção FI
Arão é o cão de guarda da seleção FI
Volante: Willian Arão (Flamengo)

Entra técnico e sai técnico, mas Willian Arão continua com a moral de sempre, apesar de alguns torcedores não concordarem com sua presença no time titular. Foi um dos principais nomes na vitória por 3 a 1 sobre o Grêmio, marcando um dos gols e contribuindo também com uma assistência.

Meia: Thiago Galhardo (Ceará)
O mesmo disse estar vivendo um dos melhores momentos da carreira após a goleada sobre a Chapecoense, por 4 a 1, na Arena Castelão, no último sábado. E não poderia ser diferente. Thiago Galhardo marcou três gols e chegou aos sete, entrando de vez na briga pela artilharia do Brasileirão, que hoje é ocupada por Gabigol, com nove.

Meia: Arrascaeta (Flamengo)
O uruguaio foi essencial para que o Flamengo conquistasse o resultado positivo diante do Grêmio. Com extrema categoria, Arrascaeta deu uma linda assistência para Willian Arão e depois mostrou oportunismo ao fazer o segundo gol rubronegro aproveitando rebote após chute de Bruno Henrique explodir no travessão.

Dudu fez grande partida com a camisa do Palmeiras
Dudu fez grande partida com a camisa do Palmeiras
Atacante: Dudu (Palmeiras)

Dudu enfim se comportou como principal jogador do Palmeiras na temporada. O atacante chamou a responsabilidade e criou as melhores oportunidades do time no empate diante do Bahia, por 2 a 2, mesmo com um jogador a menos. Ele fez os dois gols da equipe de Palestra Itália, que segue na segunda posição.

Atacante: Gilberto (Bahia)

Gilberto vive um de seus melhores momentos na carreira. O atacante está com o faro de gol apurado e anotou dois só no empate por 2 a 2 frente ao Palmeiras, em pleno Allianz Parque. Tudo bem que ambos foram de pênalti, mas ele não deu sossego em minuto algum para a defesa formada por Vitor Hugo e Luan.

Atacante: Alexandre Pato (São Paulo)

A vitória no clássico San-São, sobre o Santos, pelo placar de 3 a 2, deu ao São Paulo o status de time que irá brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. Sem dúvidas, um dos grandes responsáveis por essa vitória foi Alexandre Pato. Em uma de suas melhores atuações desde que voltou ao Brasil, o atacante mostrou faro de gol e fez dois gols.

Técnico: Cuca (São Paulo)

Além da contratação de grandes reforços, caso de Daniel Alves, o São Paulo está se colocando de vez no patamar dos times que irão brigar pelo título do Brasileirão graças a esse crescimento que vem tendo nas últimas rodadas: vem de três vitórias. A última sobre o Santos, em clássico disputado no Morumbi, onde Cuca conseguiu dar um nó tático em Jorge Sampaoli e venceu por 3 a 2. Por isso, merece ser o comandante da Seleção FI.

Cuca tem feito bom trabalho no São Paulo - Rubens Chiri / saopaulofc.net
Cuca tem feito bom trabalho no São Paulo