Paulistão: São Caetano confirma dupla de goleiros e anuncia retorno de ídolo

O Azulão confirmou o retorno de Luiz, que tem 319 jogos ao longo de mais de uma década

por Agência Futebol Interior

São Caetano do Sul, SP, 22 (AFI) - A diretoria do São Caetano confirmou na última quinta-feira o trio de goleiros que vestirá a camisa do clube no retorno à Série A-1 do Campeonato Paulista. Caio Bolonhin e Arthur, que fizeram parte do elenco que disputou a Série D, foram confirmados e terão nova chance agora sob o comando do técnico Wilson Júnior.

O Pequeno Gigante acertou também o retorno de um dos maiores ídolos da torcida, o arqueiro Luiz, que defendeu o manto azulino em 319 jogos ao longo de mais de uma década (de 2003 a 2014). Aos 37 anos, ele falou sobre a gratidão e o desafio de voltar ao antigo lar.

“Com muita alegria retorno para o clube que me abriu as portas, que me deu todo suporte para chegar onde cheguei. Há sete anos não disputava o Campeonato Paulista, é muito gratificante. Agora é trabalhar, voltar na ativa e fazer um grupo forte, um grupo guerreiro”, receitou o guarda-metas, que fez parte do elenco que conquistou o título paulista de 2004.

DEBUTANTE
Natural de Dracena-SP, Caio Bolonhin, 25, segue no Anacleto Campanella e terá pela primeira vez a oportunidade de jogar a Série A-1 do estadual.

São Caetano confirma trio de goleiros para o Paulistão
São Caetano confirma trio de goleiros para o Paulistão
“Fico muito feliz que seja com a camisa do São Caetano, um time que joguei no ano passado e onde quero deixar minha marca na história. Além disso tem uma camisa muito forte, dada toda sua tradição”, enalteceu.

CAMPEÃO PRATA DA CASA
Revelado nas categorias de base, Arthur, 19, vive um momento especial. Após sagrar-se Campeão da A2 em seu primeiro ano como profissional, o jovem arqueiro vibra com a chance de jogar a elite do futebol paulista, mas alerta.

“É um momento único. Disputar um campeonato de altíssimo nível que nos gera ainda mais responsabilidade. Precisaremos ter mais foco e mais concentração tanto nos jogos como nos treinos e no extracampo”, opinou.

Os três já trabalham a todo o vapor sob comando do preparador de goleiros, Bruno Brazion.