Série C: Remo será julgado pelo STJD por copo atirado em campo

Julgamento será realizado nesta quinta-feira e pode render perdas de mando ao clube

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 05 (AFI) - O Remo será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva nesta quinta-feira, em razão do copo de plástico atirado por um torcedor em jogo contra o Boa Esporte. O episódio ocorreu no dia 27 de abril, em jogo válido pela primeira rodada da Série C, no Mangueirão, e foi relatado pelo árbitro Ivan da Silva Guimarães Júnior.

A punição por atirar objetos no gramado pode render perdas de mando de campo e multa, mas é pouco provável que isso aconteça com o time remista. Isso porque o clube ajudou a identificar o torcedor responsável pelo ato. Na última terça-feira, por exemplo, o Paysandu foi julgado pelo mesmo motivo e foi absolvido justamente por ter realizada a identificação.

Foto: Divulgação / Clube do Remo
Foto: Divulgação / Clube do Remo
LEIA A SÚMULA:
Informo que, ao término do primeiro tempo, foi lançado um copo de plástico sem líquido em direção a arbitragem que se deslocava ao túnel. O objeto foi atirado de onde se encontrava a torcida do Remo.

Ao término da partida, fui informado pelo policiamento, sob o comando do Tenente-Cel. Nonato, que o torcedor foi identificado como sr. Gabriel Magno Pinheiro da Cruz, através do sistema de monitoramento do estádio e realizado o Boletim de Ocorrência número 00001/2019.100096-7.