Dirigente da Portuguesa Santista admite usar a base no retorno da Série A2

A prioridade, porém, é renovar com os jogadores que já estavam no clube antes da paralisação do campeonato

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 18 (AFI) - Com apenas quatro jogadores em relação ao grupo que vinha disputando o Campeonato Paulista da Série A2 até a paralisação por conta da pandemia do coronavírus, a Portuguesa Santista admite usar as categorias de base na retomada dos jogos.

A prioridade da diretoria é renovar com os jogadores que já vinham defendendo o clube, tanto que algumas conversas foram iniciadas. Mas isso não será nada fácil. Por isso, a Briosa deve recorrer aos atletas da base.

Jogadores da base devem receber oportunidades na Portuguesa Santista (Foto: Agência Briosa)
Jogadores da base devem receber oportunidades na Portuguesa Santista (Foto: Agência Briosa)
"A ideia é renegociar com os jogadores que estavam no elenco e aproveitar alguns da base que a gente já vinha observando. Mas isso só vamos concluir quando a FPF determinar o retorno das atividades", comentou o gerente de futebol Cassiano Carduz ao site ATribuna.com.br.

Outra dúvida da diretoria é em relação a comissão técnica, já que Sérgio Soares e os demais integrantes foram dispensados. Existe até a possibilidade de Élder Campos, treinador do time Sub-20, receber uma oportunidade no profissional.

Faltando apenas três jogos para o fim da fase classificatória, a Portuguesa Santista estava na terceira colocação, com 20 pontos. A difereça para o nono colocado é de apenas dois.