Justiça condena Paraná por não pagar prêmio a jogadores por acesso de 2017

Naquele ano, o Paraná conseguiu o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro e prometeu R$ 1,5 milhão

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 08 (AFI) - O Paraná recebeu uma notícia nada agradável em meio à grave crise financeira. Isso porque o Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região condenou o clube por não pagar uma premiação a cinco jogadores em 2017. O Paraná precisará pagar R$ 77 mil, mas a decisão ainda cabe recurso.

Naquele ano, o Paraná conseguiu o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro e Leonardo Oliveira e Rodrigo Pastana, que eram presidente e diretor executivo, respectivamente, prometeram R$ 1,5 milhão como premiação a jogadores e funcionários em caso de acesso.

Eduardo Brock
Eduardo Brock

SEM RECEBER
O goleiro Hugo, o lateral-esquerdo Assis, os zagueiros Eduardo Brock e Rayan e o atacante Matheus Carvalho, porém, não receberam a quantia.

Depois da conquista em 2017, o Paraná acumula rebaixamentos e está atualmente na Série C. O clube também vive situação política conturbada, pois Leonardo Oliveira renunciou ao cargo de presidente antes de cair para a Série C. Para piorar, seu substituto Luiz Molletta está se tratando de covid-19 e quem está como presidente interino é Luiz Carlos Casagrande, o Casinha.

Copa do Brasil - bastidores da Classificação do Coritiba

Espaço incorporado por HTML (embed)