Marcelo Moreno? Ricardo Oliveira? Artilharia do Mineiro é do interior

Paulo Renê, do Patrocinense, e Rubens, do Tombense, marcaram cinco gols cada

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 26 (AFI) - Com os grandes em baixa, os times do interior estão se destacando no Campeonato Mineiro, que está paralisado por conta da pandemia causada pelo coronavírus. Quando o assunto é gol, Paulo Renê, do Patrocienense, e Rubens, do Tombense, entendem do assunto. Eles são os artilheiros do estadual.

Cada um fez cinco gols pela sua respectiva equipe. Os números de Paulo Renê são mais evidentes, pois marcou metade dos gols do Patrocinense, enquanto Rubens fez um terço. Desbancando nomes como Ricardo Oliveira, do Atlético e Marcelo Moreno, do Cruzeiro.

A disputa é acirrada. Com quatro gols, Ademir e Rodolfo, do líder América, e Zé Eduardo, do Villa Nova, estão na cola. A lista com três é mais extensa e é onde aparece os artilheiros dos favoritos. Di Santo representa o Atlético, enquanto que Maurício, o Cruzeiro.

Paulo Renê é um dos artilheiros do Mineiro. Foto: Eder Tererê
Paulo Renê é um dos artilheiros do Mineiro. Foto: Eder Tererê
CONFIRA OS PRINCIPAIS ARTILHEIROS DO MINEIRO

5 GOLS
Paulo Renê (Patrocinense)
Rubens (Tombense)

4 GOLS
Ademir e Rodolfo (América)
Zé Eduardo (Villa Nova)

3 GOLS
Jeferson (Boa Esporte)
Nathan (Caldense)
Cássio Ortega (Tombense)
Di Santo (Atlético)
Alê (América)
Maurício (Cruzeiro)
Roni (URT)

2 GOLS
Igor Rabello e Fábio Santos (Atlético)
Fabinho Alves (Tupynambás)
André Mensação, Arthur, Filipe Sousa e Jão Victor (Caldense)
Fábio Alves (Uberlândia)
Edilson e Thiago (Cruzeiro)
Marquinhos (Tombense)
Felipe Augusto (América)
Gindré (Boa Esporte)