Série B: Lateral segue com futuro incerto no Guarani: 'Ainda não fui procurado'

Titular abosluto na reta final da temporada, Lenon tem vínculo junto ao Bugre até 31 de dezembro

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 27 (AFI) - Atleta com mais tempo de Brinco de Ouro da Princesa no atual elenco, Lenon tem futuro incerto no Guarani em 2020.

O lateral-direito, com 164 jogos com a camisa bugrina a partir de 2015, tem contrato firmado até 31 de dezembro e é um dos nomes do atual elenco com permanência indefinida na próxima temporada.

Em entrevista ao Portal Futebol Interior, o jogador revelou ainda não ter sido procurado pela diretoria para tratar da estender o vínculo.

"Ainda não fui procurado. Não há ainda nenhuma negociação em relação à renovação para o ano que vem. O elenco está focado no último jogo na Série B. É honrar o compromisso com o Guarani e terminar jogando bem. Posteriormente, vou me reunir com o empresário para definir o melhor caminho e a melhor proposta à carreira", contou.

RETOMADA

Lenon é o atleta com mais tempo de casa no Guarani - Letícia Martins / Guarani FC
Lenon é o atleta com mais tempo de casa no Guarani

Lenon viveu altos e baixos neste ano. Depois de retornar de empréstimo junto ao Vasco da Gama, o atleta sofreu lesão muscular logo no primeiro jogo oficial da temporada, na segunda quinzena de janeiro, e ficou afastado por um tempo.

Na ocasião, perdeu posição para Léo Príncipe, já fora do clube, e demorou para reeditar as boas atuações com as quais o torcedor alviverde se acostumou, sobretudo entre 2016 e 2018.

Ele só foi se firmar na ala, de forma absoluta, no meio de setembro, quando aproveitou a instabilidade apresentada pelo jovem Bruno Souza e conquistou de vez a confiança do técnico Thiago Carpini.

"No início do ano, tive lesão no duelo contra o Bragantino. Pela gravidade e tempo de recuperação grande, só voltei no fim do Paulista frente o Mirassol. Ainda precisei fazer trabalho específico de reequilíbrio muscular até voltar na partida com o Vitória. A partir daí consegui dar sequência, sem dores e com maior confiança", falou.

SAI, Z4!

O lateral também comentou a reação bugrina no segundo turno da Série B e o trabalho do treinador à frente do clube para liderar a arrancada nos pontos corridos - da lanterna ao meio da tabela.

"Depois de o Carpini assumir, nossa equipe teve reação incrível. Antes trabalhávamos muito e os resultados não vinham. Com a confiança e transparência, Thiago conduziu o grupo e foi fundamental para nossa recuperação", revelou.

"A confiança voltou, os resultados apareceram e o trabalho sempre foi intenso em busca da permanência. Merecidamente, conseguimos atingir nosso objetivo da permanência e coroamos a dedicação do grupo", completou.