Ceni e o gol qualificado: "Quando é a nosso favor é bom, quando é contra é ruim"

Fortaleza venceu o Independiente, mas foi eliminado na primeira fase da Sul-americana

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 28 (AFI) - O jovem técnico Rogério Ceni analisou o chamado gol qualificado, aquele que "vale dois" fora de casa. A opinião do técnico do Fortaleza, no entanto, pode servir muito bem para o futebol como um todo quando se trata de treinadores, jogadores, dirigentes e torcedores.

"Quando é a nosso favor é muito bom, quando é contra é muito ruim", disse ele após a vitória do Fortaleza, por 2 a 1, sobre o Independiente que causou a eliminação cearense.

Derrotado na Argentina por 1 a 0, o Leão do Pici até venceu no Castelão, mas por ter tomado o gol aos 47 minutos do segundo tempo foi eliminado ainda na primeira fase.

"Quando não faz gol fora de casa é mais difícil. Poderíamos ter feito o terceiro gol, mas não tivemos a felicidade. Tivemos a infelicidade da bola desviar no Bruno e ir para o gol", completou.

Sobrou lamentar. (Foto: Divulgação)
Sobrou lamentar. (Foto: Divulgação)
PRÓXIMOS PASSOS...

Rogério Ceni não ficou apenas nas lamentações. O treinador tricolor avaliou a temporada do Leão do Pici. Ele até mesmo deixou de lado o Campeonato Cearense e a Copa do Nordeste para focar na Série A do Campeonato Brasileiro.

"O Fortaleza tem um caminho, que é se manter na Série A do Campeonato Brasileiro, para que possa, se não tiver um investimento externo, tentar construir seu CT e ter um faturamento maior do que teve no último ano", disse.

Antes do Brasileirão, porém, o Fortaleza irá a campo já neste domingo, às 16 horas, quando receberá o Barbalha no Presidente Vargas pela quinta rodada do Estadual do Ceará.