Ex-zagueiro do Inter e Palmeiras faz um balanço da temporada 2019 e foca em 2020

Jackson disputou 11 partidas do Brasileirão com a camisa do Leão do Pici, ajudando a garantir vaga na Copa Sul-Americana

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 10 (AFI) - O zagueiro Jackson ainda não sabe qual camisa vestirá em 2020, mesmo tendo contrato com o Bahia até dezembro do próximo ano e estando emprestado até essa data ao Fortaleza. Porém ele vem recebendo algumas sondagens de outros clubes do futebol brasileiro.

Em 2019, o 'xerifão' foi campeão baiano pelo Bahia, pelo qual disputou 12 jogos e marcou um gol. Depois, colaborou, indo a campo 11 vezes, para que o Fortaleza fosse nono colocado no Brasileirão, garantindo a inédita vaga para a Copa Sul-Americana.

 Jackson — Foto: Divulgação
Jackson — Foto: Divulgação

"Fizemos uma campanha histórica aqui no Fortaleza. Tudo ajudou, desde a presidência até a estrutura que nos foi colocado a disposição. É evidente que devido a esse bom momento, estou recebendo algumas sondagens mas por enquanto não há nada certo".

"O momento agora é de descansar, curtir um pouco as férias, já que a temporada foi longa, mas de muito sucesso. Vamos também analisar as propostas que forem chegando, espero ter uma definição já nos próximos dias. Mas por enquanto deixo tudo isso na mão dos meus agentes. Só vou sair do Fortaleza se a proposta for boa para todos os lados - para mim, para o Bahia e também para o Fortaleza".

CARREIRA DE SUCESSO!
Jackson de Souza, 29, é natural de Cuiabá (MT) e passou pelas categorias de base de Mixto e São Paulo antes de chegar ao Ituano, pelo qual se profissionalizou. Já passou por Criciúma, Internacional, Náutico, Goiás e Palmeiras.

Pelo Colorado, foi bicampeão gaúcho, em 2012 e 2016. Além disso, foi essencial na conquista da Copa do Brasil de 2015 pelo Verdão, que venceu a decisão diante do rival Santos.