Jorginho se diz honrado em participar do centenário, mas quer evolução do Figueirense

Na quinta colocação com três pontos, o Figueirense voltará a campo no domingo, às 18 horas, quando visitará o vice-lanterna Paraná

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 07 (AFI) - O Figueirense, no Dia dos Namorados, completará 100 anos de história. O clube está longe de estar em seus melhores dias - fora das finais do Catarinense e rebaixado à Série C do Brasileirão -, mas ainda assim festejará no próximo sábado, 12 de junho. O técnico Jorginho se mostrou feliz em participar de um momento tão importante na história dos catarinenses.

"Tem um sabor especial vencer às vésperas do aniversário. Me sinto honrado em estar em um clube que vai completar 100 anos. O Figueirense é muito grande. Vamos lutar muito para conseguir nossos objetivos neste ano", disse ele em referência à vitória, por 1 a 0, sobre o Oeste.

Jorginho quer melhora do Figueirense. (Foto: Patrick Floriani / Figueirense)
Jorginho quer melhora do Figueirense. (Foto: Patrick Floriani / Figueirense)
EVOLUÇÃO!

Apesar do triunfo, o primeiro no Grupo B da Série C, Jorginho sabe que o Figueirense precisa melhorar e evoluir se quiser brigar pela classificação.

"Estamos nos conhecendo durante a competição, são muitos jogadores que estão chegando agora, sem tanto tempo para treinar. Temos alguns problemas que dificultam, mas vamos evoluir", analisou o treinador.

Na quinta colocação com três pontos, o Figueirense voltará a campo no domingo, às 18 horas, quando visitará o vice-lanterna Paraná, em Curitiba, pela terceira rodada. O meia Guilherme Garré será desfalque. Ele cumpre quarentena após testar positivo para Covid-19 no último sábado.