Copa ES: Rodrigo Fonseca quer Vitória focada em busca do tetracampeonato

Time da capital tem obrigação de vencer por dois gols de diferença fora de casa para ficar com a taça

por Agência Futebol Interior

Vitória, ES, 12 (AFI) - Na primeira partida da final da Copa Espírito Santo, o Real Noroeste venceu o Vitória-ES, fora de casa, pelo placar de 1 a 0, com gol muito polêmico.

O tento marcado pelo adversário deixou Rodrigo Fonseca muito irritado com o árbitro Davi de Oliveira Lacerda, o qual que encerrou a invencibilidade de 13 jogos.

Com a melhor campanha na Copa Espírito Santo, o Alvianil ainda havia sofrido apenas um gol e longa sequência positiva, o que facilitou para acertar a renoavar contrato até 2020.

Em desvantagem na decisão, o Vitória se vê obrigado a vencer por dois gols de diferença na casa do adversário para ficar com o tetracampeonato.

Rodrigo Fonseca tenta tetracampeonato pelo Vitória na Copa ES
Rodrigo Fonseca tenta tetracampeonato pelo Vitória na Copa ES

"Queria sair com a vitória para decidir fora de casa, mas num erro grosseiro da arbitragem, ao marcar pênalti inexistente, sofremos a derrota. Não merecíamos", lamentou.

MÃOS À OBRA

Após revés em casa, Fonseca já colocou o elenco de volta aos trabalhos com foco exclusivo para o duelo de volta.

O Vitória reedita com o Real Noroeste a final de 2010, quando também havia perdido por 1 a 0 na ida, mas reverteu com 2 a 0 e faturou o bicampeonato naquela oportunidade.

"Seis das dificuldades a serem enfrentadas, mas o grupo está focado na partida. Há totais condições de buscar o título. Com uma campanha dessa, somos merecedores. O nosso objetivo é um só: brigar até o último minuto por essa conquista", comentou o treinador.

A grande final da Copa Espírito Santo entre Real Noroeste e Vitória está marcada para a próxima sexta-feira, 15, feriado nacional, às 16h, no Estádio José Olímpio da Rocha, em Águia Branca.