#TBT - Há 20 anos, Eto'o marcava seu primeiro gol no Campeonato Espanhol

Relembre outros fatos curiosos que marcaram a história da LaLiga nesta semana, como a primeira vez em que CR7 marcou cinco em um jogo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 2 - Poucos presentes em Son Moix, em 2 de abril de 2000, voltaram para casa sabendo que haviam testemunhado algo histórico. O time da casa, o RCD Mallorca, foi derrotado por 3 a 1 pelos visitantes do Espanyol, em uma partida envolvendo duas equipes no meio da tabela da LaLiga.

Mas o gol dos mandantes foi marcado por ninguém menos que Samuel Eto'o, um adolescente camaronês emprestado pelo Real Madrid, que acabara de completar 19 anos. Esse foi simplesmente seu primeiro gol na história da competição espanhola. Pouco depois, ao longo da década, Eto’o marcou mais 161, sendo 108 em 144 jogos pelo Barcelona - onde passou cinco temporadas e conquistou três títulos da LaLiga, incluindo um prêmio de artilharia na temporada 2005/06.
Há 20 anos, Eto'o marcava seu primeiro gol na LaLiga
Há 20 anos, Eto'o marcava seu primeiro gol na LaLiga

Nesta semana, no entanto, outros acontecimentos marcantes do futebol espanhol também comemoraram "aniversário" - como o golaço de Messi, de "cavadinha" em uma cobrança de falta, no Derby de Barcelona em 2019; o histórico título do Sevilla em pleno Camp Nou; o primeiro hat-trick de Diego Costa na LaLiga; e quando Cristiano Ronaldo anotou, pela primeira vez, cinco gols em um único jogo. Relembre:

30/03/2019 - O golaço de Messi, de falta, no Derby de Barcelona

O Espanyol conseguiu focar por quase 70 minutos sem sofrer gols do Barcelona, em um Derby disputado na capital catalã, em pleno estádio Camp Nou. Foi quando Messi teve uma falta para cobrar, a poucos centímetros da entrada da área adversária. E lá, com pouco espaço para brilhar, e com o zagueiro David López pronto para ajudar seu goleiro Diego López a continuar sem sofrer gols, o argentino inovou. Cobrando "a la Panenka", como se diz na Espanha - ou com "cavadinha", como se popularizou no Brasil -, Messi confundiu defensor e goleiro, marcou o gol com um estilo sem precedentes e deu a vitória aos donos da casa.

31/03/1946 - O histórico título do Sevilla, conquistado em pleno Camp Nou

A corrida pelo título da LaLiga na temporada 1945/46 foi decidida em uma partida no Camp Nou, entre Sevilla - então líder da competição - e Barcelona - que estava em segundo, e precisava de uma vitória simples para ficar com a taça.

E quando a bola rolou, o atacante Juan Araujo colocou o rojiblancona frente, com José Bravo deixando tudo igual para os blaugranas. Empate este que permaneceu até o final, garantindo assim o primeiro, e até então único, título da LaLiga para o clube da Andaluzia.

Mais emocionante ainda, nesse mesmo dia (31 de março), mas em 2017, o ex-jogador do Sevilla José Antonio Reyes, marcava pela última vez na LaLiga Santander (em um duelo contra o maior rival dos rojiblancos, o Real Betis, quando vestia as cores do Espanyol). Um gol espetacular, de longa distância, marcado no último minuto da partida.
03/04/2011 - O primeiro hat-trick de Diego Costa na LaLiga
Quando o Atlético de Madrid foi jogar contra o Osasuna, na temporada 2010/2011 da LaLiga, muitos torcedores ficaram preocupados. Afinal, o clube não pode contar com seus os dois principais atacantes - Diego Forlán e Sergio Agüero.
O que poucos sabiam é que o brasileiro naturalizado espanhol, Diego Costa, então com apenas 22 anos, daria conta do recado. Vendo, primeiro, o Osasuna abrir o placar, mas logo depois empatando,quando recebeu em profundidade e chutou na saída do goleiro adversário.Depois, na volta do intervalo, marcou mais duas vezes, de forma semelhante, e conseguiu dar a vitória aos colchoneros por 3 a 2.
Essa foi a primeira vez que Diego marcou um hat-trick na história da LaLiga, mostrando toda sua velocidade, poder de decisão e habilidade.
05/04/2015 - A primeira vez que Cristiano Ronaldo marcou cinco em um único jogo

O início de abril não estava nada bom para o Real Madrid, em 2015. Já que o clube blanco havia perdido o grande clássico para o Barcelona, na LaLiga. Mas, foram necessários apenas 90 minutos, no Santiago Bernabéu, para que todos voltassem a se empolgar com o clube - no duelo contra o Granada.

Especialmente com Cristiano Ronaldo, que marcou cinco vezes em uma mesma partida pela primeira vez em sua carreira. De quebra, o Real também estabeleceu um novo recorde, voltando a marcar nove gols depois de quase 50 anos. Lembrando que quatro dos cinco gols de CR7 foram em toques de primeira, sendo que o outro tento foi num chute de longa distância, que enganou o goleiro Oier Olazábal.

Isso fez com que Ronaldo voltasse a ultrapassar Lionel Messi, do Barcelona, no ranking de artilheiros da competição. Dando, também, um novo ânimo ao clube (que venceu este embate por 9 a 1) na corrida pelo título nacional. No entanto, o Barcelona terminou como campeão, com 94 pontos, dois a mais que o clube madridista.