Rival do Palmeiras na Libertadores tem mais três casos de Covid e chega a 13 infectados

Jogadores estão em isolamento e apresentam boas condições de saúde, apesar do novo coronavírus

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 03 (AFI) - O Defensa y Justicia terá nada menos do que 13 desfalques para o duelo contra o Palmeiras nesta terça-feira, às 21h30, na Argentina, pela terceira rodada do Grupo A da Libertadores. Todos estão com Covid-19. Três novos casos teriam engrossado a lista, segundo a TyC Sports.

O meia Francisco Pizzini e os zagueiros Adonis Frías e Juan Pablo Tomicich seriam os novos infectados pelo novo coronavírus. Frías, aliás, esteve em campo no domingo o duelo contra o Unión Santa Fe - derrota por 1 a 0.

Os jogadores estão em isolamento e apresentam boas condições de saúde, apesar do novo coronavírus.

Desfalques em massa. (Foto: Divulgação)
Desfalques em massa. (Foto: Divulgação)
OUTROS CASOS!

Antes, o técnico Sebastián Beccacece já havia perdido Miguel Merentiel, Eugenio Isnaldo, Enzo Fernández, Lautaro Escalante, Tomás Martínez, Carlos Rotondi, Nicolás González, Braian Romero, Fernando Meza e Franco Paredes.

REFORÇOS DA BASE
Desta forma, o treinador terá que usar reservas para reconstruir o time que vai reencontrar o atual campeão da Libertadores em solo argentino. Ele terá até que recorrer à base para compor o banco de reservas. Até o momento, a direção do clube argentino não demonstrou interesse público em pedir o adiamento do confronto.

VINGANÇA
O duelo terá sabor de revanche para o Palmeiras, que perdeu o título da Recopa para os argentinos. Na ida, fora de casa, venceu por 2 a 1. Mas sofreu a derrota no Allianz Parque pelo mesmo placar e, nos pênaltis, foi batido por 4 a 3.