Corinthians envia ofício e avisa que não jogará final se ônibus for apedrejado

Os ônibus do Corinthians foram danificados por torcedores do São Paulo nos dois últimos anos a caminho do Morumbi

por Agência Estado

São Paulo, SP, 11 (AFI) - O Corinthians enviou na manhã desta quinta-feira um ofício para a Federação Paulista de Futebol (FPF), Polícia Militar e ao promotor Paulo Castilho alertando que não entrará em campo na decisão do Estadual caso o ônibus da delegação seja alvejado por torcedores do São Paulo na chegada ao estádio do Morumbi, na capital, antes do primeiro jogo da final, neste domingo, às 16 horas.

A diretoria do clube quer evitar que se repita os atos de vandalismo do clássico realizado no ano passado, quando o ônibus dos jogadores foi apedrejado quando estava a caminho do Morumbi e um dos vidros foi quebrado. Ninguém saiu ferido na ocasião. Em 2017, o ônibus do Corinthians também foi danificado por torcedores rivais.

Os ônibus do Corinthians foram danificados por torcedores do São Paulo nos dois últimos anos a caminho do Morumbi
Os ônibus do Corinthians foram danificados por torcedores do São Paulo nos dois últimos anos a caminho do Morumbi
O São Paulo ainda não se pronunciou sobre a decisão do Corinthians. A medida foi tomada no dia seguinte ao ônibus do Palmeiras ser apedrejado por torcedores do próprio clube antes do duelo pela Copa Libertadores no estádio Allianz Parque. A chegada dos ônibus das delegações nas arenas tem sido motivo de discussão entre quem faz a segurança nos estádios e os clubes.

No ano passado, o veículo da delegação do Boca Juniors foi apedrejado quando se dirigia ao estádio do arquirrival River Plate, o Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, para a decisão da Libertadores. Na ocasião, jogadores do time visitante ficaram feridos, a partida foi adiada por duas vezes e acabou sendo realizada em Madri, no estádio Santiago Bernabéu.