São Bernardo 1 x 1 São Caetano - Azulão empata em clássico mas segue isolado na ponta

A equipe celeste leva a vantagem de um ponto sobre o Taubaté, que está na segunda colocação com 21

por Agência Futebol Interior

São Bernardo do Campo, SP, 12 (AFI) – Com a classificação garantida desde a rodada passada, o São Caetano perdeu a chance de conquistar mais uma vitória para abrir ainda mais vantagem na liderança na liderança do Grupo 3 da Copa Paulista. Jogando fora de casa, no Estádio Primeiro de Maio, o Azulão visitou e ficou no empate no clássico diante do São Bernardo, pelo placar de 1 a 1. Apesar disso, a equipe visitante segue isolado na primeira colocação.

Com o ponto somado, o São Caetano chega as 22 em 10 partidas disputadas. A equipe celeste leva a vantagem de um ponto sobre o Taubaté, que está na segunda colocação com 21. Na tarde dessa quarta-feira, o Burro da Centra venceu o Santos. Já o São Bernardo se mantém no G4, na quarta colocação com 12 pontos.

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa, o São Bernardo começou a partida tendo mais posse de bola e ditando o ritmo da partida, principalmente em jogadas rápidas no meio-campo e bolas alçadas na área, mas encontrava o São Caetano bem postado para encaixar um contra-ataque e abrir o placar. Apesar disso, a primeira chance veio mesmo pelos lados do time mandante. Logo aos três, Edvan cruzou na área e Jussa cabeceou firme, mas a bola foi para fora.

São Caetano empata com São Bernardo mas segue líder do Grupo 3 da Copa Paulista (Foto: Fabrício Cortinove)
São Caetano empata com São Bernardo mas segue líder do Grupo 3 da Copa Paulista (Foto: Fabrício Cortinove)
Já aos 14 minutos foi a vez de Careca ter duas boas chances de abrir o placar, mas em uma delas chutou no travessão. No escanteio seguinte, Ricardinho subiu mais alto que os zagueiros e de cabeça, conseguiu abrir o placar para o São Bernardo. Apesar disso, a resposta do São Caetano também veio em forma de gols. Aos 19, Crispim apareceu na área para apenas empurrar a bola para as redes, após um passe açucarado de Kaíque.

A partir daí, o ritmo da partida caiu um pouco mas ambas as equipes seguiram buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário, mas sem sucesso. Até por conta disso, o primeiro tempo do duelo terminou mesmo empatado pelo placar de 1 a 1.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, a partida seguiu movimentada com os dois times se mandando ao ataque em busca do gol de desempate. Aos 12 minutos, Samuel – que havia acabado de entrar na partida – recebeu um bom passe de Jussa e soltou o pé, em um chute cruzado, mas a bola saiu pela linha de fundo, rente a trave esquerda, perdendo uma boa chance para os donos da casa. Enquanto isso, o São Caetano trocava passes rápidos e tentava responder em contra-ataques.

Nos minutos finais, ambas equipes seguiram em cima. O São Bernardo tinha mais posse de bola, mas pouco assustava o goleiro adversário. Já o time visitante ficou recuado na defesa mas em alguns momentos se lançou no ataque. Apesar disso, nenhum dos dois times conseguiu voltar as redes. Até por conta disso, a partida terminou mesmo empatada pelo placar de 1 a 1.

PRÓXIMOS JOGOSOs dois times voltam a campo no próximo sábado (15) para a disputa da 12ª rodada do Grupo 3 da Copa Paulista. Fora de casa, o São Caetano enfrenta o Santos, no Estádio Urlico Mursa, às 11h. Um pouco mais tarde, às 15h, o São Bernardo visita o Água Santa, no Estádio Distrital do Inamar, em Diadema (SP).

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
11ª rodada
Data
12/09/2018
Horário
15h00
Local
Primeiro de Maio - São Bernardo do Campo (SP)
Árbitro
Leandro Carvalho da Silva

Renda
R$ 1.115,00
Assistentes
Gustavo Rodrigues de Oliveira e Helio Antonio Salvia de Sá

Público
180 pagantes
Cartões Amarelos
São Bernardo: Careca, Samuel , Dogão
São Caetano: Magrão

Gols
São Bernardo: Ricardinho 13' 1T
São Caetano: Crispim 17' 1T
São Bernardo
Rafael Pascoal;
Edvan, Dogão, Nicolas e Fernando Jr.;
Alex Guedes (Samuel), Willian, Léo Ribeiro (Assis) e Jussa;
Careca (Gustavinho) e Ricardinho.
Técnico: Wilson Júnior
São Caetano
Luiz Daniel;
Luís Felipe, Alex Flávio, Magrão e Bruno Recife;
Pablo, Índio (Ernandes), Kaíque e Cristian;
Crispim (Isac Prado) e Júnior Araújo (Gerley).
Técnico: Pintado
 
 
" />