Volante é relacionado pela Chape e poderá jogar após dois anos e nove meses

Agora, vive a realidade de defender a líder da Série B no duelo contra o vice-líder no Castelão

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 18 (AFI) - Na próxima sexta-feira, às 19h15, o volante Moisés Ribeiro poderá encerrar um longo tempo fora dos gramados. Relacionado pelo técnico Umberto Louzer para o duelo contra o Sampaio Corrêa, o jogador poderá voltar a atuar pela Chapecoense após dois anos e nove meses.

Durante a Libertadores de 2018, Moisés Ribeiro foi flagrado no exame antidoping pelo uso de corticoide, proibido pela WADA. Moisés Ribeiro cumpriu a suspensão até o início deste ano, quando rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo.

Moisés Ribeiro esperou e esperou... (Foto: Márcio Cunha / Chapecoense)
Moisés Ribeiro esperou e esperou... (Foto: Márcio Cunha / Chapecoense)
Ele passou por cirurgia, mas está recuperado e já treina com o restante do elenco que disputa a Série B. Aos 29 anos, Moisés Ribeiro defende a Chapecoense desde 2016 e contabiliza 56 partidas, tendo sido campeão da Copa Sul-americana e bi do Catarinense.

Agora, vive a realidade de defender a líder da Série B no duelo contra o vice-líder no Castelão, em São Luís, pela 22ª rodada. A Chape tem 44 pontos, sete a mais do que o rival nordestino.