​Rodada de Série D tem cerveja no gramado, 15 expulsões e mordida à la Mike Tyson

O Placar ao Vivo do Portal Futebol Interior acompanhou todos os jogos ao vivo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) - Os jogos de ida da Segunda Fase do Campeonato Brasileiro da Série D chamaram a atenção, nesse final de semana, no número de jogadores e membros da comissão técnica expulsos: foram 15 no total, em 15 partidas disputadas, já que o duelo entre América-PE e América-RN acontecerá nesta terça-feira, na Arena Pernambuco.

A expulsão mais emblemática foi na vitória do Manaus por 2 a 1 para cima do Real Desportivo. Aos 24 minutos, o árbitro Christiano Gayo Nascimento expulsou o zagueiro Thiago Fernandes (Spice) por morder a orelha do adversário, o atacante Emerson Bacas, que acabou também recebendo o vermelho após empurrar o jogador da equipe de Amazonas, que deu uma de Mike Tyson.

Bacas com a orelha mordida
Bacas com a orelha mordida
Fora as várias expulsões e a mordida de Mike Tyson ou Suárez, aliás, do atleta do Manaus, uma cerveja roubou a cena no triunfo do Novorizontino por 1 a 0 para cima do Boavista. O copo, com a bebida, foi arremessado e recolhido pela arbitragem, fato que pode gerar punição para a equipe de Saquarema.

Na vitória do Iporá por 3 a 2 para cima do União, foi o vice-presidente do time do Mato Grosso, Reydner Souza, que foi para cima da arbitragem proferindo, segundo a súmula, as seguintes palavras: "Vocês estão de sacanagem, vieram aqui só para fuder o União", concluiu.

REGULAMENTO
Nas segunda e terceira fases, os confrontos seguem sendo regionalizados. Nas quartas de final, na semifinal e na final, a equipe de melhor campanha, além de fazer o segundo jogo como mandante, encara o de pior e assim sucessivamente.

Vale destacar que o mata-mata não tem gol fora como critério de desempate. Ou seja, em caso de empate no somatório dos confrontos, o vencedor será conhecido após disputas de penalidades máximas.