Náutico 0 x 2 Ponte Preta - Macaca vence nos Aflitos e dorme na vice-liderança

O clube campineiro segue brigando ponto a ponto por uma vaga dentro do G-4

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 12 (AFI) - A Ponte Preta assumiu a vice-liderança provisória da Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Náutico pelo placar de 2 a 0, em partida realizada na noite desta segunda-feira, no Estádio dos Aflitos, pela 16ª rodada. O duelo teve reencontro simbólico entre Gilson Kleina, suspenso da partida, e a equipe campineira, a qual tem grande identificação.

Com o resultado, a Ponte Preta ficou com 27 pontos, contra 32 do líder Cuiabá, O time campineiro, no entanto, ainda pode ser ultrapassada na tabela. O Náutico, por outro lado, chegou ao sexto jogo sem vitória e estacionou nos 15 pontos, flertando com a zona de rebaixamento.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS

DO TIMBU!
O primeiro tempo foi de um time só. Com exceção a um lance de Moisés, rente à trave de Jefferson, a Ponte Preta apenas assistiu ao Náutico. Apesar de mostrar boa consistência defensiva, mostrou fragilidade nas laterais, principalmente com as subidas de Apodi e Guilherme Lazaroni, mas nada que pudesse fazer com que a equipe visitante saísse atrás do placar.

O Náutico, inclusive, não conseguiu ser efetivo. Kieza criou grande oportunidade, mas parou na defesa do goleiro Ivan. Jean Carlos e Jorge Henrique tentaram sem sucesso. A melhor oportunidade foi com Erick. Na entrada da pequena área, o atacante ficou com a sobra e jogou por cima do gol.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

RÁDIO FI COM ALTA AUDIÊNCIA
Mais uma vez a Rádio Futebol Interior esteve ao lado da Ponte Preta na sua campanha dentro da Série B, com alta audiência também na WEB como das Redes Sociais.

Só no Facebook foram mais de 90 mil visualizações.

A narração foi de Marcelo Corsato, reportagens de Wendel Coral e comentários de Marcelo Corsato.


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

CUSTOU CARO!
As chances perdidas custaram caro ao Náutico. No segundo tempo, a Ponte Preta voltou mais ligada e abriu o placar logo aos seis minutos.

Matheus Peixoto avançou pela direita e cruzou na medida para João Paulo, que chegou testando firme para jogar a bola no fundo das redes, sem chance para Jefferson.

O gol elevou o ânimo da Ponte Preta, que continuou em cima do Náutico. Aos 22 minutos, Guilherme Lazaroni lançou para Dawhan, que, de cabeça, ampliou. O lance gerou certa polêmica.

O assistente Felipe Alan Costa de Oliveira não correu e chegou a debater sobre o gol com o árbitro Wanderson Alves de Sousa. Sem VAR, o juiz assumiu a responsabilidade e assinalou o meio de campo, fato contestado por Jorge Henrique.

Ponte bate o Náutico nos Aflitos. Foto: Caio Falcão
Ponte bate o Náutico nos Aflitos. Foto: Caio Falcão

ATRÁS DO PREJUÍZO
Em desvantagem, o time pernambucano precisou sair visando diminuir o prejuízo. Em cruzamento de Jean Carlos, Paiva desviou e Ivan fez um milagre. Na sobra, Dadá jogou pra o gol, mas o lance acabou sendo anulado pela arbitragem, que apitou impedimento no lance.

Com o Náutico todo no ataque, a Ponte Preta começou a criar chances e perdeu uma última oportunidade incrível. Yuri acionou o contra-ataque e ligou Moisés. O atacante tirou de Hereda, deixou Jefferson para trás, mas jogou pela linha de fundo, nada que atrapalhasse a vitória na noite desta segunda-feira.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Náutico visita o Oeste na terça-feira, às 19h15, na Arena Barueri, em Barueri (SP). No mesmo dia e horário, a Ponte Preta recebe a Chapecoense no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
16ª rodada
Data
12/10/2020
Horário
20h00
Local
Aflitos - Recife (PE)
Árbitro
Wanderson Alves de Sousa (MG)

Assistentes
Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (MG)

Cartões Amarelos
Náutico-PE: Camutanga, Paiva, Willian Simões, Jean Carlos
Ponte Preta-SP: Matheus Peixoto

Gols
Ponte Preta-SP: João Paulo 7' 2T, Dawhan 22' 2T
Náutico-PE
Jefferson;
Hereda, Rafael Ribeiro, Camutanga e Wllian Simões (Kevyn);
Rhaldney (Matheus Trindade), Jhonnatan (Paiva), Jorge Henrique (Dadá) e Jean Carlos;
Erick (Thiago Fernandes) e Kieza
Técnico: Gilson Kleina
Ponte Preta-SP
Ivan;
Apodi, Alisson, Luizão e Guilherme Lazaroni;
Neto Moura, Dawhan e João Paulo (Camilo);
Guilherme Pato (Bruno Reis), Matheus Peixoto (Yuri) e Moisés
Técnico: Marcelo Oliveira