Paraná x Vitória - Na lanterna, Tricolor que fazer jogo de igual para igual

O adversário também não está em situação confortável e encara o duelo como decisão

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 02 (AFI) – Praticamente rebaixado, o Paraná encara neste domingo outro clube que briga para permanecer no Campeonato Brasileiro. Pela 32ª rodada, recebe o Vitória no estádio Durival Britto, às 17 horas.

Com quatro derrotas seguidas, o Paraná ocupa a última posição da tabela com 17 pontos. O Vitória, apenas uma posição acima, tem 33 pontos e está vivo na competição. Isso porque o América-MG, primeiro fora do Z4, tem apenas um ponto a mais.

MUDANÇAS NO PARANÁ

O técnico Dado Cavalcanti sinalizou algumas alterações, mas afirmou querer dar continuidade para o time que vem atuando. Além de uma provável entrada de Alesson na vaga de Alex Santana, o Paraná deve ter mudança no sistema defensivo.

Recuperado de lesão, René Santos retorna ao time titular. Jesiel fica como opção. Também zagueiro Charles foi liberado pelo Departamento Médico e deve ser relacionado, assim como o atacante Felipe Augusto.

“Nosso adversário também tem muito a perder. Vamos enfrentar um adversário que também tem peso nos ombros, um fardo grande. Temos um confronto de mais igualdade. Temos que ter um pouco de superação técnica para buscar um bom resultado. É um jogo que talvez o Paraná possa fazer de igual para igual”, disse Dado Cavalcanti.

Paraná quer jogar de igual para igual com o Vitória no Brasileirão
Paraná quer jogar de igual para igual com o Vitória no Brasileirão

VITÓRIA DESFALCADO

O técnico Paulo Cesar Carpegiani teve que apelar para a base para completar os relacionados. Ele não poderá contar com o zagueiro Lucas Ribeiro, suspenso, o lateral Jeferson e o também defensor Bruno Bispo, ambos vetados pelo Departamento Médico, e o atacante Luan, com dores na coxa.

Entre os 22 jogadores que viajaram para Curitiba estão: o lateral Cedric, o zagueiro Léo Xavier e o atacante Eron, todos das categorias de base. No time considerado titular, o retorno certo é do zagueiro Aderllan, que não pôde atuar contra o São Paulo por estar emprestado pelo clube ao Vitória. Já Benítez treinou pelo lado direito, enquanto a dúvida ficou no ataque entre Maurício Cordeiro e Léo Ceará.

CONCENTRAÇÃO

"Temos que solucionar os problemas nesta reta final. Vamos pensar no Paraná e depois sucessivamente. Estamos trabalhando com 12 pontos, mas concentrados nos dois próximos jogos. Não tem faltado garra, aceitamos a críticas, porém estamos trabalhando para encontrar a melhor forma de jogar", afirmou o treinador.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
32ª rodada
Data
04/11/2018
Horário
17h00
Local
Vila Capanema - Curitiba (PR)
Árbitro
Raphael Claus (SP)

Renda
R$ 15.030,00
Assistentes
Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)

Público
931 pagantes (1328 total)
Cartões Amarelos
Paraná-PR: Leandro Vilela, Igor, Alesson
Vitória-BA: Aderllan, Arouca, Ruan Renato

Cartões Vermelhos
Vitória-BA: Rhayner
Gols
Paraná-PR: Alex Santana 14' 2T
Vitória-BA: Léo Ceará 37' 2T
Paraná-PR
Richard;
Wesley, Jesiel, Renê Santos (Mansur) e Igor;
Leandro Vilela, Alex Santana e Jhonny Lucas (Alesson);
Juninho (Silvinho), Andrey e Grampola
Técnico: Dado Cavalcanti
Vitória-BA
Ronaldo;
Ramon, Aderllan, Ruan Renato (Yago) e Benítez;
Léo Gomes, Arouca, Rodrigo Andrade (Neílton) e Lucas Fernandes;
Erick (Maurício Cordeiro) e Léo Ceará.
Técnico: Paulo Cesar Carpegiani
 
 
" />