América-MG x Ceará - Vovô busca terceira vitória seguida para sair do Z4

O América-MG também está em bom momento, principalmente se considerarmos os jogos em casa

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 08 (AFI) - Embalado por duas vitórias, o Ceará busca manter o ritmo na tentativa de sair da zona do rebaixamento. Neste domingo, às 16 horas, o time encara o América-MG fora de casa, no estádio Independência, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O América-MG também está em bom momento, principalmente se considerarmos os jogos em casa. A última derrota do clube no Independência foi em 7 de junho, quando perdeu para o Atlético-MG por 3 a 1. De lá para cá, venceu Internacional e Vasco e empatou com Chapecoense, Palmeiras, Fluminense e Flamengo. Ocupa a nona colocação com 29 pontos.

O Ceará mostrou sinais de evolução desde a derrota para o São Paulo no Morumbi. Após isso, venceu o Flamengo no Maracanã e o Corinthians no Castelão. Os resultados fizeram com que o time assumisse a 17ª posição com 23 pontos, apenas um a menos do que o Vasco, primeiro integrante fora do Z4.

AMÉRICA-MG QUASE COMPLETO

O único desfalque do técnico Adilson Batista é o zagueiro Matheus Ferraz, que recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora da partida. Por outro lado, o atacante Rafael Moura cumpriu suspensão da expulsão contra o Vitória e retoma sua condição de titular.

As baixas devem forçar o treinador a mexer na formação. Paulão é o favorito para assumir a função de zagueiro ao lado de Messias. Na frente, a volta de Rafael Moura manda Giovanni para o banco de reservas, agora com Luan atuando pelas pontas. David e Wesley, que foram muito bem contra o Vasco no meio de campo, devem ser mantidos.

SUSPENSOS NO CEARÁ

No lado do Ceará, o goleiro Everson recebeu o terceiro cartão amarelo e nem viaja com o grupo para Belo Horizonte. O atacante Leandro Carvalho vive a mesma situação e novamente está suspenso. Com isso, duas vagas importantes no time titular estão em aberto.

Para a primeira o técnico Lisca deve apostar em Fernando Henrique, que já está há duas temporadas no clube. Outra opção é o recém-contratado Diogo Silva.

Apesar de ser uma peça importante, Leandro Carvalho é uma dor de cabeça bem menor. O jogador foi expulso recentemente contra o São Paulo e acabou substituído por Felipe Azevedo na derrota por 2 a 0 para o Bahia.

Lisca pode apostar novamente no jogador, mas também tem Ricardo Bueno e Robinho como opções. Poupado contra o Corinthians, o lateral-esquerdo João Lucas ainda vai ser reavaliado e pode voltar ao time titular.
_______________________________________________________________________________________________________

CURIOSIDADES - AMÉRICA-MG X CEARÁ - OPTA FACTS

* O América Mineiro venceu por 4 a 1 o Ceará na única partida entre as duas equipes disputada em casa neste século na Serie A.

* O América Mineiro está há seis jogos sem perder em casa na Série A; mas só conseguiu vencer duas dessas partidas (4E).

* O Ceará venceu dois dos últimos quatro jogos que disputou como visitante no Brasileirão (1E 1D), o mesmo número de vitórias que em seus últimos 25 jogos disputados fora de casa na competição (6E 17D).

* O América Mineiro marcou 16 de seus 24 gols no primeiro tempo dos jogos no Brasileirão 2018 (67%), a maior porcentagem entre todas as equipes.

* Éverson, do Ceará, vem de marcar um gol direto de falta (contra o Corinthians), foi apenas o segundo goleiro a marcar de falta nos últimos seis anos da Série A (Rogério Ceni marcou dois).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
24ª rodada
Data
09/09/2018
Horário
16h00
Local
Independência - Belo Horizonte (MG)
Árbitro
Daniel Nobre Bins - RS

Renda
R$ 36.625,00
Assistentes
Alessandro Alvaro de Matos - BA e Michael Stanislau - RS

Público
4.348 torcedores
Cartões Amarelos
América-MG: Wesley Pacheco
Ceará-CE: Tiago Alves

América-MG
Fernando Leal;
Norberto, Paulão, Messias e Carlinhos;
Leandro Donizete, Wesley (Wesley Pacheco), David e Giovanni (Lincoln);
Luan e Rafael Moura (Matheusinho).
Técnico: Adilson Batista
Ceará-CE
Diogo Silva;
Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan;
Edinho, Richardson, Pedro Ken (Arnaldo) e Calyson;
Felipe Azevedo (Arthur) e Juninho Quixadá (Ricardinho).
Técnico: Lisca
 
 
" />