Série C: Técnico do Botafogo-PB valoriza Paysandu-PA: 'Precisamos tomar cuidado'

Equipes se enfrentam às 19h deste sábado (26), no estádio Almeidão, em João Pessoa (PB)

por Agência Futebol Interior

João Pessoa, PB, 25 (AFI) - Lutando contra o rebaixamento no Grupo A, o Botafogo-PB recebe o Paysandu-PA, às 19h deste sábado (26), no estádio Almeidão, em João Pessoa (PB), pela oitava rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C. O técnico Rogério Zimmermann valorizou bastante o adversário do final de semana.

"É um dos poucos times que manteve a base do ano passado. Para mim, o time é forte ao ponto de merecer disputar a Série B deste ano já. Não vou me aprofundar sobre o assunto, mas eles eram para estar na segunda divisão. E, como possuem quase todos os jogadores da temporada passada, precisamos tomar cuidado. Para mim, esse tipo de jogo é o melhor para se disputar. Esse é um confronto que nos ajuda a perceber o caminho a tomar. Vai ser um grande jogo", declarou o comandante.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
SOBRE O TIME
Duas baixas são certas por lesão. O zagueiro Fred torceu o joelho esquerdo na vitória, por 2 a 1, sobre o Imperatriz-MA, e rompeu o ligamento cruzado anterior, o que o fará perder o restante da temporada. Foi o mesmo problema que teve o volante Rogério, na eliminação para o Fluminense, na segunda fase da Copa do Brasil, ainda em março. Esse tipo de contusão, vale destacar, exige, no mínimo, seis meses de tratamento.

Uma dúvida é Mário, lateral-esquerdo, que busca se recuperar de entorse no joelho. Outro desfalque certo é o goleiro Felipe, que pegou gancho quatro jogos do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e tem mais dois a cumprir. Samuel segue como substituto do ex-arqueiro de Flamengo e Corinthians. O zagueiro Donato foi expulso no empate sem gols com o Remo-PA e também fica de fora.

Além disso, o meia-atacante Diego Rosa, 31, foi apresentado nesta semana e se colocou à disposição para o duelo. Passou por Aparecidense e Portuguesa nesta temporada, marcando três gols em 14 jogos. Antes, defendeu Paysandu, Vila Nova, São Caetano, CRB, Atlético-GO, Bahia, Luverdense, Penapolense, Paulista, ASA, Ponte Preta, Vasco da Gama e Juventude, além do japonês Montedio Yamagata.

"Nós esperávamos uma evolução pela maneira como os jogadores estão se comportando nos treinos. Fizemos uma boa partida contra o Remo, um adversário direto na briga pela classificação. Mas ainda estamos distantes do ideal, ainda buscamos um ideal. Existe a necessidade de buscar progredir", encerrou o comandante.

MOMENTO
O Alvinegro da Estrela Vermelha soma sete pontos no Grupo A, à frente apenas de Imperatriz, com um, e Treze, com três, dupla que forma a zona de rebaixamento. A área de classificação à segunda fase é composta por: Santa Cruz, com 14, Vila Nova, com 12, Ferroviário, com 11, e Paysandu, com dez.

ESCALAÇÃO
O Belo deve entrar em campo com: Samuel; Marcos Martins, Marcelo Xavier, Luís Gustavo e Christiano; Juninho, Vitinho, Higor Leite e Rodrigo Andrade; Ramon e Lohan.