Rodrigo Santana 'esquece' crise e eleva moral atleticano para duelo com Botafogo

Treinador preferiu deixar de lado as três derrotas consecutivas e ressaltar a produção ofensiva da equipe

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 06 - O técnico Rodrigo Santana utilizou a entrevista coletiva que concedeu nesta sexta-feira para elevar o moral do elenco do Atlético-MG para o duelo de domingo, às 16 horas, no Engenhão, pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador preferiu deixar de lado as três derrotas consecutivas e ressaltar a produção ofensiva da equipe.

"A ideia sempre é somar, principalmente fora de casa. Campeonato duro de manter a regularidade. A equipe não somou nos três últimos jogos, mas não deixamos de produzir. Não conseguimos os resultados por detalhes.

A intenção é buscar os três pontos no Rio", afirmou o comandante atleticano, que também rebateu as críticas feitas por parte da imprensa e da torcida ao equatoriano Cazares.

"O Cazares, por todos conhecerem o potencial dele, se espera muito. E quando o resultado não vem, o foco vira para ele. Ele participa muito, mas quando o resultado não vem, sobrecarrega para ele ser o 10", disse o técnico.

"Ele é disparado o jogador que mais participa em assistências e finalizações. Não vejo ninguém com a mesma técnica e as mesmas características. É um cara que, do meio de campo para frente, contribui muito e que está com muito compromisso sem a bola."

Foto: Divulgação / Atlético-MG
Foto: Divulgação / Atlético-MG

TIME
Rodrigo poderá contar com o time titular, com exceção no gol, posição na qual Victor continua se recuperando de uma tendinite. Wilson, contratado esta semana do Coritiba, fará sua estreia.

O lateral-esquerdo Fábio Santos, que recupera de uma amidalite, e o atacante Ricardo Oliveira, com torcicolo, não treinaram nesta sexta-feira, mas deverão atuar no Engenhão.

PROVÁVEL FORMAÇÃO
Com isso, a escalação provável do Atlético é a seguinte: Wilson; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair; Elias, Vinícius, Cazares e Chará; Ricardo Oliveira.

O Atlético é o sétimo colocado no Brasileiro, com 27 pontos, nove atrás dos líderes Flamengo e Santos. A equipe soma oito vitórias, três empates e seis derrotas.

A equipe mineira não vence desde 10 de agosto, quando bateu o Fluminense por 2 a 1, no Independência, em Belo Horizonte. De lá para cá foram três derrotas. Todas por 1 a 0 para Athletico-PR, Bahia e Corinthians, em seus três últimos compromissos no Brasileirão.