Em véspera de clássico, João e Zé Ricardo comentam sobre má fase do América-MG

O goleiro João Ricardo e o volante Zé Ricardo deram entrevista coletiva nesta quinta-feira

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 01 (AFI) - O goleiro João Ricardo e o volante Zé Ricardo deram entrevista coletiva nesta quinta-feira e comentaram sobre o próximo clássico do América-MG. No domingo, às 17h, o Coelho enfrenta o Cruzeiro, no Independência, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os jogadores responderam sobre a sequência de oito jogos sem vitória, sobre a invencibilidade no estádio Independência e as expectativas para o clássico contra o Cruzeiro.

CONFIRA A COLETIVA DOS DOIS JOGADORES ABAIXO:


Coletiva João Ricardo – 01/11/18

Bom retrospecto de Adilson Batista em clássicos

O América vem de uma sequência de clássicos sem vencer, mas esperamos mudar isso nesta partida. Quem sabe, o bom retrospecto do Adilson em clássicos possa nos favorecer.

Conversas do Adilson Batista com o grupo

Lógico que há uma cobrança, o que é algo natural, após ficarmos oito partidas sem vitória. Mas o Adilson também pede para termos tranquilidade e os pés no chão para focar na sequência no campeonato. A partir de agora, são sete jogos que decidirão tudo para a equipe. Então, é ter mais foco, se dedicar mais, concentrar mais, porque é um momento de sacrifício e de pensarmos apenas no América para vencer os jogos que faltam. Nesta semana, estamos pensando somente no Cruzeiro.

América tem cinco treinos para preparar-se para o último clássico da temporada (Foto: Daniel Hott / América)
América tem cinco treinos para preparar-se para o último clássico da temporada (Foto: Daniel Hott / América)

Clássico contra o Cruzeiro-MG

Não acredito que eles pouparão jogadores, ainda mais por se tratar de um clássico. O Cruzeiro, contra o América, normalmente nunca poupa jogadores e está sempre buscando vencer. Mas nós precisamos muito de uma vitória, pois os times da zona estão encostados na gente. Então, necessitamos dos três pontos em cima do Cruzeiro a qualquer custo. Estamos trabalhando muito nesta semana para buscar esse resultado.

Invencibilidade no Independência desde a chegada do Adilson Batista

Acredito que esse fator possa ser uma força a mais para nós no clássico. Mas empatamos os últimos três jogos em casa e, agora, precisamos ganhar. Ainda temos tudo nas mãos para escapar do rebaixamento. São quatros jogos em casa, e creio que, se fizermos nosso dever de casa, conseguiremos conquistar nosso objetivo. Então, é focar, se doar, guerrear até o final e competir muito contra as equipes. Se mostrarmos nosso espírito de guerra dentro de campo, será difícil perdemos os jogos que nos restam.

Invencibilidade x empates

O retrospecto em casa pode ser considerado bom porque a equipe não perde. Mas o que precisamos é vencer. Não adianta ficar pensando em permanência se não ganharmos as partidas. O nosso objetivo é voltar a vencer para recuperar a confiança e a nossa alegria, pois isso se dá muito através das vitórias. Infelizmente, ela não está vindo. Sabemos das dificuldades que teremos contra o Cruzeiro, mas temos plenas condições de vencê-los, principalmente por jogarmos em casa.

O empate pode ser considerado um bom resultado?

Sem vencermos o Paraná na próxima rodada, o empate pode ser considerado um bom resultado. Caso venha o empate, precisamos obrigatoriamente vencer o Paraná. Porém, não adianta a equipe ficar pensando que não foi tão ruim o empate, se tropeçarmos contra o Paraná. Se conseguirmos um empate e, depois, uma vitória, vamos para 38 pontos e teremos mais cinco jogos para buscar a pontuação que falta. Não posso dizer que o empate seja ruim, mas o objetivo principal do nosso time é conquistar as duas vitórias.

Expectativa de boa presença de público no Independência

Esperamos ter a casa cheia para este clássico contra o Cruzeiro. Nesses momentos difíceis, quanto mais torcedores puderem vir e apoiar melhor é para a equipe. Mas que venham para apoiar. Penso que não adianta, em uma partida complicada e difícil como esta, o torcedor começar a vaiar depressa. Acredito que, quanto mais tempo o resultado no jogo demorar a acontecer, mais o torcedor tem que incentivar o América para que os jogadores possam se fortalecer, dentro da partida, e criar confiança para buscar a vitória até o apito final.


Coletiva Zé Ricardo – 01/11/18

Aproveitamento das oportunidades

Pude ir bem na categoria Sub-23, felizmente. Deus está abençoando meus caminhos. Tenho trabalhado firme e, independentemente de ser no profissional ou no Sub-23, venho dando o meu melhor e o meu máximo. O Adilson é um grande treinador, juntamente com toda a comissão dele. Tenho procurado ajudar o América da melhor forma possível a cada oportunidade que recebo.

Atenção especial de Adilson Batista

Sou novo, enquanto o Adilson já passou por várias situações, jogou grandes campeonatos e foi vitorioso. Ele tem muita experiência e tem esse cuidado de repassar para nós que somos novos. Fico feliz por isso. Sou um cara bem acessível para receber informações, ainda mais vindo de pessoas como o Adilson. É importante para que possamos crescer, aprender mais e amadurecer. Vejo isso como algo legal e bastante positivo.

Preparação para encarar o Cruzeiro-MG

Estamos trabalhando dia após dia. Sabemos que o Mano tem uma forma bem específica de estilo de jogo, e o Cruzeiro segue um padrão bem definido. Então, temos que procurar fazer um grande jogo mesmo sabendo da qualidade do adversário. Vamos buscar uma vitória, pois precisamos muito.

Retrospecto de Adilson nos clássicos mineiros

Certamente, a experiência do Adilson nesse tipo de confronto ajudará. Mas precisamos fazer nossa parte dentro de campo. Nosso time necessita do resultado. Tomara que esse status de “Rei dos Clássicos” permaneça. Contudo, sabemos que, dentro de campo, o que vale é fazer um grande jogo e é o que vamos procurar no domingo.

Significado da permanência

Estamos bem focados no nosso objetivo, pois sabemos da grandeza que significa a permanência do América na Série A. Todos nós estamos empenhados em trabalhar em prol disso. O Salum (presidente) está envolvido neste projeto há dois anos. Participei de toda a Série B, então sei do quão grande e importante é esse objetivo. Temos tudo para fazer uma bela história. O grupo sabe que a permanência será maior do que qualquer título, por ser algo inédito nos pontos corridos. Portanto, há o empenho para alcançarmos esse grande objetivo. Conversamos bastante entre nós sobre a importância de conseguirmos.

Retrospecto recente como mandante

Sabemos que precisamos vencer. É claro que queremos manter a sequência invicta no Indepa, mas não só empatar. Fizemos alguns bons jogos, em que tínhamos tudo para vencer, mas o resultado não veio. Falta a bola entrar a nosso favor. Temos trabalhado, mostrado força dentro de casa. Precisamos, agora, voltar a vencer. Este é o nosso foco para domingo.

 
 
" />