Invicto, Adilson Batista tenta lidar com as 'suspensões' do América-MG

Leandro Donizete, Wesley e Rafael Moura também voltam a ficar à disposição

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 03 (AFI) - Adilson Batista segue surfando na crista da onda. Com duas vitórias em dois jogos, o treinador conseguiu tirar o América-MG da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e afastar a crise que rondava Belo Horizonte. Só que os desafios não param por aí. Neste domingo, às 16 horas, o clube recebe o Palmeiras na Arena Independência, pela 17ª rodada. Recentemente os clubes se enfrentaram pelas oitavas de final da Copa do Brasil, com vitória paulista.

Na época, Borja e Keno marcaram na vitória por 2 a 1, que mais tarde garantiu a classificação do Palmeiras. Agora pelo Campeonato Brasileiro, o América-MG tem a oportunidade de vingar a dura derrota dentro de casa e ainda encostar na briga por uma vaga no G6. Com as duas vitórias recentes, o clube chegou aos 20 pontos.

Invicto, Adilson Batista tenta lidar com as 'suspensões' do América-MG
Invicto, Adilson Batista tenta lidar com as 'suspensões' do América-MG
O principal desfalque de Adilson Batista é o volante Juninho, que recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória por 1 a 0 contra o Santos. Sem o jogador é provável que Gerson Magrão ganhe a posição no meio de campo. Ele inclusive trabalhou no time titular nesta sexta-feira. Leandro Donizete, Wesley e Rafael Moura também voltam a ficar à disposição.

O atacante Luan segue na transição física. Já os atletas Aylon, que se recupera da lesão no braço esquerdo, Norberto, com estiramento grau 1 no ligamento colateral medial do joelho direito, Lima, em processo de recuperação do joelho direito, e o Jori, que está em recuperação do joelho esquerdo, continuam em tratamento no Departamento Médico do Clube.

Com isso, o provável time titular do América-MG tem: João Ricardo; Aderlan, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos; Leandro Donizete e Wesley; Marquinhos, Ruy e Giovanni; Rafael Moura.

 
 
" />