Comissão de Direito Desportivo inicia série de reuniões temáticas em Campinas

O evento inaugural do novo modelo de atividade para fomentar o conhecimento sobre a área foi realizado esta semana

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 13 (AFI) - Promover o troca de experiência e ajudar os profissionais no desenvolvimento do trabalho. Esse é o objetivo da Comissão de Direito Desportivo da 3ª Subseção – Campinas com a implementação da ‘Reunião Temática da Comissão de Direito Desportivo”, que teve como primeiro assunto a Formação de Atletas. O evento inaugural do novo modelo de atividade para fomentar o conhecimento sobre a área foi realizado esta semana, no Auditório da Casa da Advocacia de Campinas.

Filipe Orsolini Pinto de Souza presidiu o debate
Filipe Orsolini Pinto de Souza presidiu o debate
De acordo com o presidente da Comissão de Direito Desportivo da 3ª Subseção – Campinas, Filipe Orsolini Pinto de Souza, este foi o primeiro evento de muitos.

“Nossa intenção é fomentar o debate junto aos profissionais que tenham interesse nos temas a serem abordados.

A primeira reunião temática foi aberta para advogados, estagiários e estudantes de Direito e recebemos um bom número de participantes, o que comprova a assertividade da iniciativa. Já estamos planejando o segundo encontro, que deve ocorrer em julho”, afirma Souza.

PARTICIPAÇÃO IMPORTANTE
Outro ponto positivo indicado pelo presidente da Comissão de Direito Desportivo foi a participação dos advogados no debate que se seguiu após a palestra.

“Essa interatividade e troca de experiências é o que pretendemos como esse tipo de evento, pois funcionam para ajudar os profissionais da área no desenvolvimento do seu trabalho. Neste sentido, queremos que os temas sejam apresentados pelos próprios membros da comissão”, completa Souza.

Congresso de Direito Desportivo foi bem concorrido
Congresso de Direito Desportivo foi bem concorrido
A primeira reunião temática foi a formação do atleta, com apresentação feita pela advogada Carolina Danieli Zullo, especialista em administração para profissionais do esporte pela FGV, especialista em Direito Desportivo pela Escola Superior da Advocacia (ESA), Auditora do STJD em várias modalidades.

Na palestra ela abordou os contratos celebrados entre os clubes e atletas em formação, os requisitos da Lei Pelé (Lei Nº 9.615/98), que regulamenta o Certificado de Clube Formador e as indenizações dos clubes.

Filipe Orsolini Pinto de Souza é Presidente da Comissão de Direito Desportivo da 3ª Subseção – Campinas, Mestre em Direito Desportivo Internacional pelo ISDE – Instituto Superior de Derecho y Economia (Espanha); Pós-Graduado em Direito Desportivo pela Escola Superior de Advocacia da OAB/SP; Pós-Graduado em Direito Empresarial pela FGV – Fundação Getúlio Vargas; graduado pela FACAMP – Faculdades de Campinas;

Participante do Programa de Negociação da Harvard Law School; membro da Comissão de Direito Desportivo da OAB Subsecção Campinas/SP; Membro da Comissão de Direito Desportivo da OAB Seção São Paulo; membro do Instituto Brasileiro de Direito Desportivo; membro do ISDE Sports Law Alumni e Membro da Association Internationale des Avocats du Football – AIAF. Sócio Fundador de Brocchi e Souza Sociedade de Advogados.

DE MARCO COMUNICÃO