Em Campinas, a festa do Atlético-MG foi na Pizzaria do Dadá

Grupo viveu intensamente o jogo, sofrendo com os gols do Bahia e festejando muito a virada

Torcida atleticana se reuniu na Pizzaria do Dadá, maior reduto do Galo na cidade de Campinas

Categorias: Futebol Interior

Por: Agência Futebol Interior, 02/12/2021

dada torcida galo 2021 e1638491250767
Mais de 200 torcedores foram ao Dadá

Campinas, SP, 2 (AFI) – O tão esperado título de campeão brasileiro do Atlético Mineiro, o seu segundo na história, foi também comemorado num cantinho especial em Campinas: a Pizzaria do Dadá (Rua Padre Manuel Bernardes, 1085 – Jardim Nossa Sra. Auxiliadora, perto da Lagoa do Taquaral),. Lá se reuniram perto de 200 torcedores que integram a sub-sede do clube na cidade.


A festa foi geral após o apito final e a vitória, de virada, por 3 a 2, sobre o Bahia, mas a emoção começou bem mais cedo. A partir das 16 horas chegaram os primeiros atleticanos e foram bem acolhidos pelo próprio Dadá.

“Aquele é tudo da casa. Os mineiros vêm para cá sempre e agora num momento especial, porque foi para comemorar o título de campeão. A felicidade é muita mesmo” – comentou Dadá, o anfitrião da casa.

PRIMEIRO TÍTULO
Mesmo aos 58 anos, Dadá não lembra de ter comemorado o primeiro título nacional, conquistado pelo clube em 1971.

“Naquela época eu morava na fazenda, não tinha nem rádio e não acompanha o Galo. Só depois de algum tempo é que comecei a  conviver com o clube e com a emoção de torcer pelo Atlético” – explicou Dadá.

A ideia agora é repetir a festa nos últimos dois jogos do Galo se concentrando de novo na Pizzaria do Dadá. No próximo domingo à tarde será o ‘jogo das faixas’ entre Atlético-MG e Red Bull Bragantino, no Mineirão. Na última rodada, o Galo vai enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre (RS).

DADÁ MARAVILHA
Em Belo Horizonte (MG), o ex-centroavante Dario, o Dadá Maravilha, foi muito festejado pelos torcedores atleticanos. Dadá participou da campanha do título brasileiro de 1971. Inclusive marcou o gol em cima do Botafogo, no rio de Janeiro, que deu o título ao Galo.

“É tudo muito merecido. Agora é festejar com muita emoção”

Confira também: