Copa do Brasil: Campeão vai faturar entre R$ 60 e R$ 80 milhões; Confira as cotas dos clubes

Competição mais democrática do calendário nacional conta com 92 participantes divididos em três blocos

Copa do Brasil segue pagando a maior premiação do futebol nacional

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 22/01/2022

2016 LucasFigueiredo 01 ori
Muita grana em jogo. (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

Rio de Janeiro, RJ, 22 (AFI) – A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) revelou as cotas dos clubes na Copa do Brasil 2022. O campeão irá embolsar R$ 60 milhões, quatro milhões a mais do que no ano passado. Mas a cifra final poderá chegar a quase R$ 80 milhões para o vencedor, somados os valores amealhados em cada fase. Essa é a maior premiação do futebol nacional. A competição mais democrática do calendário nacional conta com 92 participantes divididos em três blocos.

premiacao copa do brasil
Bolada na Copa BR. (Foto: Reprodução)

As quantias a serem pagas para cada clube dependem diretamente do desempenho deles. As cotas serão distribuídas por cada avanço de fase, respeitando o grupo ao qual cada clube pertence.

O grupo I reúne os 15 primeiros do Ranking Nacional de Clubes da CBF (clique para ver). O segundo é formado pelos habilitados à disputa do Brasileirão Série A 2022, excluídos os que já estão no grupo I. No terceiro bloco entram os demais. Confira as cotas de premiação previstas para os clubes participantes da Copa do Brasil 2022.

Grupo I

  • 15 primeiros colocados no Ranking Nacional de Clubes da CBF 2022

América (MG), Athletico (PR), Atlético (MG), Bahia (BA), Ceará (CE), Corinthians (MG), Cruzeiro (MG), Flamengo (RJ), Fluminense (RJ), Fortaleza (CE), Grêmio (RS), Internacional (RS), Palmeiras (SP), Santos (SP) e São Paulo (SP).

Grupo II

  • Clubes participantes da Série A do Campeonato Brasileiro em 2022, com exceção dos que já pertencem ao grupo I Atlético (GO), Avaí (SC), Botafogo (RJ), Coritiba (PR), Cuiabá (MT), Goiás (GO), Juventude (RS) e Red Bull Bragantino (SP).

Grupo III

  • Demais participantes da Copa do Brasil que não estão nos Grupos I ou II

ABC (RN), ASA (AL), Alagoinhas (BA), Altos (PI), Anápolis (GO), Azuriz (PR), Bahia de Feira (BA), Brasil (RS), Brasiliense (DF), Botafogo (SP), Campinense (PB), Cascavel (PR), Castanhal (PA), Chapecoense (SC), Ceilândia (DF), Costa Rica (MS), CRB (AL), Criciúma (SC), CSA (AL), Ferroviária (SP), Ferroviário (CE), Figueirense (SC), Fluminense (PI), Globo (RN), Glória (RS), Guarani (SP), Humaitá (AC), Icasa (CE), Juazeirense (BA), Lagarto (SE), Londrina (PR), Manaus (AM), Maricá (RJ), Mirassol (SP), Moto Club (MA), Náutico (PE), Nova Iguaçu (RJ), Nova Venécia (ES), Novorizontino (SP), Paraná Clube (PR), Paysandu (PA), Ponte Preta (SP), Porto Velho (RO), Portuguesa (RJ), Pouso Alegre (MG), Oeste (SP), Operário (PR), Operário (MT), Real Noroeste (ES), Remo (PA), Rio Branco (AC), Salgueiro (PE), Sampaio Correa (MA), São Raimundo (RR), São Raimundo (AM), Sergipe (SE), Sousa (PB), Sport (PE), Tocantinópolis (TO), Tombense (MG), Trem (AP), Tuna Luso (PA), TunTum (MA), União (MT), URT (MG), Vasco da Gama (RJ), Vitória (BA), Vila Nova (GO) e Volta Redonda (RJ).

Confira também: