Paraense: Remo é absolvido pelo STJD por cantos homofóbicos

A decisão de primeira instância pode ser recorrida

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 24/01/2022

REMO STJD

Belém, PA, 24 (AFI) – O Remo foi absolvido da denúncia de homofobia praticada por torcedores em partida contra o Paysandu, pela Copa Verde de 2021. O clube foi julgado nesta segunda, 24 de janeiro, pela Primeira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol. A decisão de primeira instância pode ser recorrida.

No dia 4 de dezembro de 2021, Remo e Paysandu disputaram o jogo de volta da semifinal da Copa Verde. Na ocasião, torcedores remistas entoaram cantos homofóbicos direcionados à torcida bicolor: “todo v* que eu conheço é bicolor”.

REMO STJD
Remo foi absolvido pelo STJD

A Procuradoria de Justiça Desportiva tomou conhecimento dos fatos através de uma Notícia de Infração apresentada pelo Coletivo de Torcidas LGBTQ. O Procurador responsável pela análise afirmou não haver legitimidade do grupo, mas apresentou provas para oferecer a denúncia. A constatação da Procuradoria são vídeos que mostram a torcida do Remo cantando repetidas vezes as ofensas, além de matérias jornalísticas noticiando os fatos.

ENQUADRADO

O Remo foi enquadrado no artigo 243-G do CBJD, que fala em “praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência”.

Confira também: