Catarinense: Lateral do Criciúma fratura tornozelo e desfalca o clube por até três meses

Segundo informações do Departamento Médico do Criciúma, o tempo médio de recuperação para esse tipo de lesão varia entre 70 e 90 dias

Categorias: Estaduais

Por: Agência Futebol Interior, 28/01/2022

helder sofre lesao
Foto: Celso da Luz / Criciúma E. C.

Criciúma, SC, 28 (AFI) – O Criciúma teve uma notícia preocupante nesta quinta-feira (27). Em uma das sessões de treino, o lateral Hélder, peça importante do clube catarinense, fraturou o tornozelo e virou desfalque por até três meses.

DE MOLHO

Segundo informações do Departamento Médico do Criciúma, o tempo médio de recuperação para esse tipo de lesão varia entre 70 e 90 dias. Com isso, o atleta e só deve voltar a atuar no clube em meados de abril. Na última temporada, o lateral foi peça importante do time catarinense, atuando em 40 partidas, com dois gols e duas assistências anotadas.

Após ser rebaixado à segunda divisão do Campeonato Catarinense na última temporada, o Criciúma se reergueu no segundo semestre de 2021 e garantiu vaga na Série B nesta temporada. Além da divisão de acesso estadual e da segunda divisão nacional, o time do interior de Santa Catarina também disputará a Copa do Brasil em 2022.

DEFINIDO

A Série B do Catarinense tem data marcada para se iniciar no dia 29 de maio e terá três meses de duração. A tabela ainda não foi divulgada pela Federação Catarinense de Futebol (FCF).

Confira também: