Catarinense: Chapecoense confirma novos casos de Covid-19, mas esconde quantidade e funções dos positivados

Chapecoense passou a trabalhar de forma remota, mas já estuda a volta in loco

Clube já havia cancelado a pré-temporada presencial após 24 casos positivos, sendo 12 jogadores

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 14/01/2022

2021 MarcioCunha 01 ori
Casos e mais casos de Covid-19. (Foto: Márcio Cunha / Chapecoense)

Chapecó, SC, 14 (AFI) – A Chapecoense informou, nesta sexta-feira, que registrou novos casos de Covid-19 no clube, mas escondeu informações importantes como a quantidade de positivados e as funções dos profissionais. O clube já havia cancelado a pré-temporada presencial após 24 casos positivos, sendo 12 jogadores.

“Após a realização de uma nova bateria de testes de Covid-19 no elenco alviverde na última quinta-feira (14), alguns resultados positivos foram detectados. Todos estão assintomáticos, sem nenhuma gravidade e realizarão trabalhos remotos, respeitando o período de isolamento”, diz a nota oficial da Chapecoense.

DE VOLTA?
Desde quarta-feira, quando surgiram os primeiros casos, a Chapecoense passou a trabalhar de forma remota, mas já estuda a volta in loco.

“O retorno dos atletas que positivaram nas primeiras baterias de testes acontecerá de forma gradativa entre esta sexta-feira (14) e segunda-feira (17), após o cumprimento da quarentena”, segue a nota.

Ainda assim, o jogo-treino contra o Ypiranga-RS foi cancelado. A partida seria no sábado. A Chapecoense se prepara para a estreia no Campeonato Catarinense, dia 22 de janeiro, às 16h30, diante do Barra, na Arena Condá, em Chapecó.

Confira também: