Em despedida do Sport, Oswaldo diz: 'Desde a saída do Tite eu recebi três convites'

A derrota para a Chapecoense foi o último jogo do treinador à frente da equipe, ele deve ser anunciado em breve no Corinthians

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 12 (AFI) – Em sua despedida do comando do Sport, Oswaldo de Oliveira viu a Chapecoense dominar seus comandados na manhã desta quarta. O Leão foi derrotado, por 3 a 0, dando ares melancólicos no último ato do treinador à frente do clube. O técnico deve ser anunciado oficialmente como novo técnico do Corinthians no máximo nesta quinta. Será a terceira passagem pelo clube do Parque São Jorge.

A contratação do treinador é uma escolha pessoal do presidente Roberto de Andrade, uma vez que, tanto torcida quanto diretores tinham outros nomes em pauta. Oswaldo ressaltou que, foi procurado mais de uma vez após o clube perder Tite para a Seleção Brasileira.

Oswaldo de Oliveira se despede com derrota do Sport
Oswaldo de Oliveira se despede com derrota do Sport

“Desde a saída do Tite eu recebi três convites e resisti aos três e agora, numa situação de decisão, senti que a minha possibilidade de ficar aqui e não tinha certeza”, disse o técnico, em entrevista coletiva.

SEM SEGURANÇA...
O técnico fez questão de enfatizar que, a incerteza da continuidade do trabalho para a próxima temporada pesou na decisão de optar em largar o clube na reta final do Campeonato Brasileiro.

“Senti que a minha possibilidade de permanência no Sport não tinha firmeza e não tinha uma decisão tomada. Eu tinha exemplos anteriores como à saída do Flamengo e não posso mais passar por isso. Pedi que a diretoria definisse, mas não tiveram como, porque tem eleição. Não houve condição de seguir dessa forma”, comentou.

FANTASMA DO REBAIXAMENTO
Oswaldo de Oliveira deixa o Sport em situação desesperadora na competição. No momento, o Leão ocupa a 16ª posição, com 34 pontos. Há a possibilidade do clube terminar a rodada dentro do Z4. Para tal, Basta uma vitória de Internacional ou Figueirense que enfrentam fora de casa, respectivamente, Botafogo e Coritiba.