Pintado barra Denis em seu primeiro treino no comando do São Paulo

O interino sacou o titular vai dar uma chance a Renan Ribeiro no domingo contra o Atlético-MG

por Agência Estado

São Paulo, SP, 24 - O São Paulo fez seu primeiro treino sob o comando do interino Pintado na manhã desta quinta-feira, e as diferenças para o time de Ricardo Gomes são visíveis. Começando pelo gol, o treinador optou por colocar o goleiro Denis no banco de reserva e dar uma chance a Renan Ribeiro no domingo contra o Atlético-MG, no Independência.

Ainda sobre a mudança no gol, Pintado explicou a mudança de Denis, que vinha sendo muito criticado, por Renan Ribeiro. "Será o goleiro do São Paulo nos próximos dois jogos. Também por uma decisão da diretoria, de observação, de dar oportunidade para todos. Queremos fazer isso com Renan também", disse o comandante. Outras mudanças no São Paulo é a utilização do lateral-direito Buffarini como volante, enquanto Bruno ocupa a posição de origem.

"Não tem milagre. Não vamos resolver tudo no domingo, mas não podemos ser um time apático. Isso não vai ser. Essa camisa tem um custo muito alto para vestir. Quem vestir no domingo vai ter de responder", explicou Pintado sobre as mudanças em relação ao time de Ricardo Gomes. Thiago Mendes e João Schmidt, titulares com o antigo treinador, estão indisponíveis.

Pintado assumiu o comando do São Paulo fazendo mudanças. (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)
Pintado assumiu o comando do São Paulo fazendo mudanças. (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)
Por falar em Ricardo Gomes, demitido nesta quarta-feira após as atividades de treino, Pintado lamentou a saída do amigo e ainda comentou sobre a possível chegada de Rogério Ceni. "Muito triste pela saída do Ricardo, o único brasileiro que trabalhou na Europa. Sinto pelo amigo, homem e grande profissional que nos ajudou muito. Tenho dúvidas se não teríamos mais dificuldades se ele não tivesse chegado. Não estava mais no CT e fui informado pela diretoria que comandaria os dois jogos finais. Sempre gera expectativa do que vem pela frente, mas o São Paulo não está parado. Estamos trabalhando. Não podemos voltar atrás. Não foi um ano bom. Mas temos momentos de alegrias para lembrar que não dá para esquecer."

O time que foi a campo nesta quinta-feira no CT da Barra Funda foi: Renan Ribeiro; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Buffarini, Wellington e Cueva; David Neres, Luiz Araújo e Chávez. Hudson foi liberado para resolver um problema pessoal e por isso não treinou. Atlético-MG e São Paulo se enfrentam às 17h.