Lisca diz que elenco do Internacional não pensa em "tapetão"

O comandante deixou claro que os jogadores estão focados apenas no que acontece dentro de campo

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 25 - Com grande possibilidade de ser rebaixado pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, o Internacional procura meios de evitar a Série B. Sem conseguir corresponder em campo, o clube considera a possibilidade de apelar para o que o futebol brasileiro conhece como 'tapetão'.

Nos últimos dias, a diretoria do Inter passou a requentar um caso que já havia sido levantado durante a disputa do Campeonato Baiano: a tese de que o zagueiro Victor Ramos joga irregularmente pelo Vitória. Dentro desta hipótese, o clube baiano perderia todos os pontos conquistados no torneio e seria rebaixado, mantendo o Inter na Série A.

Victor Ramos defendeu o Palmeiras no ano passado emprestado pelo Monterrey. Quando o contrato acabou, ele não foi novamente registrado pelo time mexicano. Passou um mês em um limbo do sistema de registros da Fifa antes de ser emprestado e registrado pelo Vitória.

O técnico Lisca garantiu que o elenco do Internacional está focado apenas no que acontece dentro de campo
O técnico Lisca garantiu que o elenco do Internacional está focado apenas no que acontece dentro de campo
Já durante o Estadual a Federação Baiana e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) reiteraram que o jogador está regular, tanto que foi registrado no Boletim Informativo Diário (BID).

Nesta sexta-feira, o técnico Lisca garantiu que a possibilidade de apelar ao tapetão não afeta o elenco. O time, segundo ele, quer evitar a queda no campo.

"Na questão dos pontos, isso não envolve a gente, não estamos focando nisso, estamos focados em fazer nossa parte dentro de campo. É uma questão institucional", afirmou.

ELENCO BLINDADO
O elenco está recluso em um hotel de Viamão, na região metropolitana de Porto Alegre, e só se deslocou ao CT do Parque Gigante para falar com a imprensa. Lá, contou que espera ter o atacante Vitinho à disposição, apesar das dores musculares que têm atrapalhado o jogador.

"Obviamente conto com Vitinho, ele é importante para a gente. Nesses últimos jogos, ele tem sentido um desconforto muscular. Ele está se esforçando o máximo possível para jogar no próximo domingo, dificilmente os 90 minutos. Estamos vendo se no início ou entrando", disse.

O Internacional tem 39 pontos e briga para não ser o quarto time rebaixado - Figueirense, América-MG e Santa Cruz já caíram. A disputa é contra o Vitória, que tem 42, e o Sport, que soma 43. No domingo, os gaúchos jogam em casa contra o Cruzeiro, enquanto os baianos visitam o Coritiba. Na última rodada tem Fluminense x Inter e Vitória x Palmeiras.