Guarani procura Amoroso para ser diretor de futebol, mas ídolo rejeita proposta

O ex-jogador atua como embaixador de uma equipe dos Estados Unidos e não poderia se dedicar totalmente ao Bugre

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 23 (AFI) – Após a saída de Rodrigo Pastana, o Guarani começa a buscar um novo diretor de futebol, mas a primeira opção da diretoria não aceitou o convite.Ídolo da torcida, o ex-atacante Amoroso foi procurado para assumir a posição, mas recusou a oferta.

O ex-jogador se reuniu com o presidente do Guarani, Horley Sena, no Brinco de Ouro, nesta quarta-feira, e tratou de diversos assuntos, entre eles a possibilidade de assumir a função de diretor de futebol.

Amoroso não poderia assumir a posição no clube que o revelou para o futebol porque tem contrato com o Boca Ratón, time dos Estados Unidos. O ex-atacante atua como um embaixador da equipe americana, divulgando a marca do time no Brasil e ainda disputa algumas partidas da American Premier League, segunda liga do “soccer” norte-americano.

Amoroso não aceitou a oferta da diretoria do Guarani para assumir a função de diretor de futebol
Amoroso não aceitou a oferta da diretoria do Guarani para assumir a função de diretor de futebol
Apesar de não assumir o cargo, acreditando que teria de se dedicar totalmente à função de diretor, Amoroso se prontificou a ajudar o clube campineiro com os contatos que acumulou ao longo da carreira no futebol.

A diretoria bugrina segue a procura por um profissional para a posição que foi ocupada por Pastana e também por um novo treinador, com a recente saída de Marcelo Chamusca. A temporada de 2017 promete ser uma das mais importantes dos últimos anos para o Guarani, já que o clube retornou à Série B do Campeonato Brasileiro e disputa ainda a Série A2 do Campeonato Paulista, buscando um retorno à elite do estado.