Flamengo 1 x 4 Atlético-GO - Dragão enfurecido derruba o último invicto

Hélio dos Anjos estreia com moral e vê o Atlético golear no Engenhão

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 18 (AFI) Para apagar da memória! Assim os torcedores do Flamengo podem definir a noite desta quinta-feira, quando o Mengão enfrentou o Atlético-GO, foi derrotado pelo placar de 4 a 1 e perdeu a invencibilidade no Brasileirão, em jogo válido pela 17ª rodada. Para os torcedores do Dragão e para o técnico Hélio dos Anjos, um dos estreantes da noite, o jogo ficará pra sempre nas lembranças, além da importãncia dos pontos para a sequência do campeonato.

Apesar da estreia do zagueiro Alex Silva, o Flamengo sentiu a falta de Ronaldinho Gaúcho - convocado por Mano Menezes para a Seleção Brasileira, o que não acontecia desde novembro de 2010 - e do meia Renato Abreu e foi derrotado dentro do Engenhão. Esta foi a segunda derrota do Flamengo no ano. A primeira aconteceu no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil, diante do Ceará, no dia cinco de maio, pelo placar de 2 a 1.

Com a derrota, o Fla estagnou nos 34 pontos, continua na vice-liderança e viu o Corinthians abrir três pontos de vantagem na liderança. O Atlético, com a goleada subiu para 14º colocado, com 19 pontos conquistados e se afastou definitivamente da zona do rebaixamento.

Dragão marca dois..
Buscando se manter na cola do Corinthians o Flamengo começou o jogo tomando iniciativa, ficando mais tempo com a bola e criando as primeiras oportunidades de gols. Aos 11 minutos, Junior Cesar cruzou na cabeça de Deivid, mas atacante tocou fraco e Márcio saiu para fazer a defesa sem muitas dificuldades.

O Dragão respondeu rápido, e de forma eficiente. Aos 13 minutos, após cobrança de escanteio de Thiaguinho, o Volante Pituca se antecipou ao goleiro Felipe e tocou de cabeça no canto direito, para abrir o placar no Engenhão.

Mesmo com o placar em desvantagem, o Flamengo não diminuiu o ritimo e seguiu dominando a partida, pelo menos em posse de bola. Apesar do aparente controle do jogo, o mengão não conseguia criar chances claras de gols.

O Dragão não conseguia sair do seu campo de defesa, mas quando saiu foi para ampliar o placar. Aos 37 minutos, Ernandes deu ótimo passe para Juninho, que só teve o trabalho de se projetar e tocar na saída de Felipe, no cantinho esquerdo, para ampliar o placar.

O Atlético-GO fez um jogo paciente. Soube neutralizar as investidas do Flamengo e não desperdiçou as duas chances que teve. Com isso, o Dragão foi para o intervalo com ótima vantagem, enquanto o Mengão saiu debaixo de vaias.

Vitória maiúscula!
Na volta dos vestiários, o Técnico Vanterlei Luxemburgo alterou o esquema tático do Falmengo. Tirou o estreante Alex Silva e colocou o atacante Jael. Com isso, o Mengão voltou ao tradicional 4-4-2, mas a mudança não surtiu efeito na segunda etapa.

O Dragão, do técnico Hélio dos Anjos, outro estreante da noite, não mudou nada e continuou fazendo o jogo da paciência. E foi desta forma que o time goiano conseguiu ampliar o placar novamente. Aos cinco minutos, Thiaguinho cruzou da esquerda, a defesa do Fla errou a cobertura e o artilheiro Anselmo subiu e cabeceou para marcar seu sexto gol no Brasileirão.

Na sequência, o Flamengo manteve a posse de bola, mas errava muitos passes no setor ofensivo e demorou a criar uma real oportunidade de gol. Somenste aos 28 minutos, Diego Mauricio, que aproveitou cruzamento e acertou a trave direita de Márcio.

O Atlético não se abalou com a pressão do Flamengo. Aos 36 minutos, Anselmo fez jogada de craque e deixou Diogo Campos livre para completar para as redes, dando números de goleada para a partida.

O Flamengo conseguiu descontar. Aos 38 minutos, após crizamento da esquerda, o atacante Jael disputou com a zaga e levou a melhor, chutando para marcar o gol de honra do Mengão.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
17ª rodada
Data
18/08/2011
Horário
21h00
Local
Estádio Engenhão, , no Rio de Janeiro - RJ
Árbitro
Luiz Flávio de Oliveira-SP

Assistentes
Marcelo Carvalho Van Gasse-SP e Vicente Romano Neto-SP
Renda
R$ 203.440,00

Público
7.649 pagantes
Cartões Amarelos

Cartões Vermelhos
Gols
Flamengo-RJ
Felipe; Alex Silva (Jael), Welinton e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Airton (Fierro), Willians, Bottinelli, Thiago Neves e Junior Cesar; Deivid (Diego Maurício).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Atlético-GO
Márcio; Adriano, Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Ernandes, Pituca, Bida e Thiaguinho (Joílson); Juninho (Diogo Campos) e Anselmo (Leonardo).
Técnico: Hélio dos Anjos