Rafael Carioca diz que Atlético era 'desorganizado' com Marcelo Oliveira

Em entrevista coletiva nesta sexta, o jogador também disse que sente-se "indiferente" sobre a demissão

por Agência Estado

Belo Horzionte, MG, 25 - Reserva da equipe sob o comando de Marcelo Oliveira, Rafael Carioca não demonstrou nenhuma lamentação pela saída do treinador, demitido pela diretoria do Atlético Mineiro na quarta-feira. Pelo contrário. Em entrevista coletiva nesta sexta, ele não só disse que sente-se "indiferente" sobre a demissão como reclamou que o time era desorganizado.

"Alguém pensou. Difícil falar essas coisas, mas quando se tem um time desorganizado, nada vai ser feito com naturalidade. Quando você tem um time organizado, você não se desgasta muito, você corta caminho. Quando se tem um time organizado todo mundo se sobressai", comentou Rafael Carioca.

Em coletiva, Rafael Carioca deu declaração polêmica. (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)
Em coletiva, Rafael Carioca deu declaração polêmica. (Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)
O volante chegou a ser convocado para a seleção brasileira em 2015, mas passou boa parte do Brasileirão deste ano no banco de reservas. Sem ele, o time perdeu equilíbrio e passou a ser uma equipe vulnerável. Segundo Carioca, só técnico Diego Aguirre, antecessor de Marcelo Oliveira, soube corrigir isso.

"Uma equipe que faz muitos gols, mas que sofre muitos gols, é uma equipe desequilibrada. Foi assim o ano inteiro, exceto quando tinha o Aguirre, que tínhamos uma compactação melhor. O Marcelo era o treinador e tinha que ter corrigido isso", reclamou.