Paulista Sub 20: Charles Rocha comanda arrancada do Atibaia na reta final

Com apenas 28 anos, o treinador venceu as últimas quatro partidas chegando a jogar com quatro atacantes

por Agência Futebol Interior

Atibaia, SP, 21 (AFI) - A sofrida, mas comemorada vitória, por 1 a 0, sobre o Flamengo-SP no último sábado, com gol marcado pelo camisa 9 Samuca colocou o Atibaia de vez na briga por uma das quatro vagas no G4 do Grupo 3 do Campeonato Paulista Sub20.

Além de alcançar o quarto resultado positivo consecutivo, a equipe do técnico Charles Rocha tirou a diferença para apenas um ponto na zona de classificação (33x32).

“Tínhamos como objetivo nessa trinca de jogos dentro de casa somar pontos e o máximo possível para que pudéssemos encostar no G4. Graças a muito trabalho e comprometimento dos atletas conseguimos conquistar inicialmente o nosso objetivo que eram os nove pontos. Somando a vitória sobre o Guaratinguetá chegamos a doze pontos sequenciais e que nos deu a chance de encostar de forma definitiva na zona de classificação”, comemorou o comandante em entrevista ao site oficial do clube.

A reação do Atibaia, no entanto, não surpreende o treinador, que afirma potencializar nos atletas a ideia de jogar sempre em busca do resultado.

Charles Rocha vem fazendo boa campanha no comando do Atibaia (foto: Fabio Giannelli/Soccer Digital)
Charles Rocha vem fazendo boa campanha no comando do Atibaia (foto: Fabio Giannelli/Soccer Digital)
“É isso que nos motiva, mostrar como a equipe esta eficiente no momento. Vou sempre potencializar a ideia de fazer boas partidas buscando a vitória e tentando empenhar o melhor, é o que eu busco passar dia após dia, entra semana e sai semana. Seria injusto avaliar individualmente o trabalho, o esforço da equipe técnica, da diretoria e até do elenco de jogadores. O que a gente vem se esforçando, o que a gente vem fazendo dia após dia. É de se exaltar o que a equipe vem mostrando ser capaz dentro de casa”, elogiou.

TRÊS BATALHAS
As quatro vitórias seguidas trouxeram ao Atibaia a condição de chegar às três últimas rodadas com chances de carimbar a vaga. Os adversários, no entanto, são justamente os concorrentes diretos Red Bull, São Paulo e Corinthians. Rocha sabe que a missão será complicada, mas traça um plano.

“Vamos agora para as últimas três partidas, sendo duas fora. Temos também que fazer valer a nossa eficiência, nossa qualidade para que a gente consiga obter esses pontos que nos interessam bastante, principalmente esse jogo contra o Red Bull, que vai ser fora. Na sequência, teremos o São Paulo dentro de casa. Temos que somar o máximo de pontos nesses dois jogos e ver o que acontece na última rodada”, planeja.

O primeiro desafio do Falcãozinho será neste sábado (24 de setembro), a partir das 15 horas, contra o Red Bull, no CT de Jarinu.