Vitória demite técnico após placar clássico no Castelão

Uma passagem relâmpago do técnico Geninho, de 73 anos, pelo rubro-negro baiano. Quase fora da Copa do Brasil e indo mal no Brasileiro da SÉRIE C

A diretoria do Vitória ainda não trabalha com um novo nome. Por enquanto a equipe será comandada pelo auxiliar Ricardo Silva

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 20/04/2022

leticiamartins vitoria01 e1648090573634
Geninho não resistiu no Vitória

Fortaleza, CE, (AFI) – A derrota sofrida para o Fortaleza nesta noite no estádio do Castelão por 3 a 0 pela terceira fase da Copa do Brasil custou o emprego do técnico Geninho do Vitória. A confirmação da queda foi logo após a partida. A passagem do treinador pelo rubro negro foi relâmpago. Durou apenas quatro partidas e um aproveitamento baixíssimo de 25% com apenas uma vitória, 2 a 0 sobre o Glória-RS pela segunda fase da Copa do Brasil.

Geninho chegou em meio a temporada para substituir Dado Cavalcanti, que não fez um bom campeonato estadual. No entanto as duas derrotas no início da Série C, além do tropeço desta noite em Fortaleza foram cruciais para a queda.

A diretoria do Vitória ainda não trabalha com um novo nome. Por enquanto a equipe será comandada pelo auxiliar Ricardo Silva. O time baiano volta a jogar pela Série C no próximo domingo, contra o Ypiranga em Erechim.

Pela Copa do Brasil, o jogo de volta contra o Fortaleza só acontece no próximo dia 12 de maio no Barradão e o Vitória só se classifica se vencer por mais de três gols de diferença.

Confira também: