Verdão tem sim chance de ganhar título Mundial !

Se tudo caminhar como a gente imagina o Palmeiras vai decidir título com o Chelsea

Da última vez, o Palmeiras não foi bem, justamente, no primeiro jogo. Agora aprendeu a lição.

Categorias: Colunas

Por: SÉRGIO CARVALHO - -, 01/12/2021

Palmeiras 1 deyverson 2021 e1638393809924
Deyverson pode brilhar no Mundial

Campinas, SP, 1 (AFI) – Mundial na mira. O Palmeiras é o clube do momento. A conquista da Copa Libertadores da América diante do Flamengo, transformou esse grande clube paulista no tema da moda. A imprensa especializada não pára de levantar informações de bastidores e a todo momento surgem novas manchetes sobre o tricampeão da maior competição de futebol das Américas.


Mas esse não era o principal objetivo da diretoria verde. O principal vai ser disputado de 3 a 12 de fevereiro de 2022, nos Emirados Árabes Unidos, contra o vencedor do Monterrey, do México, e Al Ahly, do Egito.


À princípio, o time mexicano é franco favorito. Pode até não golear e sofrer durante o jogo, mas é quase certo que vença esse obstáculo e se classifique para enfrentar o Palmeiras alguns dias depois. O Monterrey é o melhor clube da Concacaf e tem como seu super artilheiro, o argentino Rogelio Funes Mori (30 anos) que, nos últimos 6 anos, marcou 131 gols. É uma fera. 


NAUFRAGOU
No ano passado, o Palmeiras naufragou justamente neste primeiro jogo classificatório. E o que é pior. Foi disputar o terceiro lugar do Mundial e também perdeu. Foi um vexame. A fanática torcida do Verdão está engasgada até hoje com aquele fracasso e em fevereiro de 2022 quer uma reabilitação completa lá nos Emirados Árabes.  

Quer não só que o Palmeiras vença o primeiro, mas também o jogo decisivo que está marcado para dia 12 de fevereiro. A missão parece difícil mas não é impossível. Acreditamos até que depois daquela malfadada experiência, o Palmeiras esteja mais maduro para encarar este novo desafio e chegar ao seu objetivo maior que é o título de campeão mundial interclubes.

TIME CONFIÁVEL
Particularmente, eu acredito nisso. Acho que o Verdão está mesmo em alta e tem um time confiável. Mais que seu time, tem um treinador extremamente competente e confiável, o português Abel Ferreira.

E não é só por este aspecto que vejo o Palmeiras com boa chance de ser campeão do mundo. É que ele tem hoje um time bem armado, com bons reservas e que sabe jogar conforme as características do adversário. Se for jogar na retranca e aproveitar os contra-ataques, o Verdão sabe. E se for para agredir o adversário e buscar o gol de forma incessante, também sabe.

Além disso, o clube tem dinheiro e já conversou com Abel Ferreira sobre reforços. Abel deu alguns nomes que poderão chegar no início de janeiro no Centro de Treinamentos da Barra Funda.

Jogadores que virão para serem titulares e que darão uma força ainda maior ao atual campeão das Américas contra seus adversários no Mundial dos Emirados Árabes. E mais. O Chelsea, segundo seu técnico Thomas Tuchel, nem pensa ainda no mundial. Vai chegar em cima da hora e nem terá muito tempo para treinar. Disso pode-se aproveitar o Palmeiras para ganhar o primeiro mundial de futebol de sua história.

LONGE DA FAMÍLIA

Há quem espalhe a notícia de que Abel Ferreira está cansado de morar fora e longe de sua família. Se esse é o problema, a nova presidente do Palmeiras, Leila Pereira (ela assume nas próximas semanas) já disse que até trará toda a família de Abel para morar em São Paulo, se esse for o seu desejo.


E como ela disse que “não faltará dinheiro para reforçar o time”, chegamos à conclusão de que, mais do que nos anos anteriores em que disputou o Mundial Interclubes da Fifa, o Palmeiras neste momento está mais do que preparado para ser o campeão.

E prá terminar: Palmeiras vai viajar para os Emirados no final de janeiro. Antes disso, Abel e seus comandados verão todos os tapes que tiverem sobre seus adversários do Mundial. Time saberá de cor e salteado como jogam seus adversários.

A partir daí, ganhar o título nos Emirados não me parece tão difícil, né? Pelo menos na minha opinião. E na sua, meu caro e querido leitor?

Confira também: