Tênis: Atual campeã, Sérvia de Novak Djokovic encara Alemanha e Canadá na ATP Cup

Os times foram divididos em quatro grupos de três e apenas o primeiro colocado de cada chave avança para a fase semifinal

Publicado em .

Os times foram divididos em quatro grupos de três e apenas o primeiro colocado de cada chave avança para a fase semifinal

São Paulo, SP, 22 - A ATP realizou nesta sexta-feira o sorteio das chaves da segunda edição da ATP Cup, competição por equipes na Austrália que neste ano será mais curta em razão da pandemia do novo coronavírus e das restrições no território australiano. Os jogos acontecerão entre os dias 1.º e 5 de fevereiro, em Melbourne, e 12 países lutam pelo título.

Os times foram divididos em quatro grupos de três e apenas o primeiro colocado de cada chave avança para a fase semifinal. Atual campeã da competição, a Sérvia de Novak Djokovic está no Grupo A ao lado de Alemanha e Canadá. Assim, há grande expectativa por partidas de Djokovic contra o alemão Alexander Zverev e o canadense Denis Shapovalov ainda na fase de grupos.

 Novak Djokovic
Novak Djokovic
Vice-campeã em 2020, a Espanha de Rafael Nadal está no Grupo B, juntamente com a Grécia de Stefanos Tsitsipas e a anfitriã Austrália, liderada por Alex de Minaur. Além de Nadal, a equipe espanhola também conta com Roberto Bautista Agut, Marcel Granollers e Pablo Carreño Busta.

Dominic Thiem, o número 3 do mundo, lidera a Áustria no Grupo C ao lado de Itália e França. Já a Rússia, que conta com Daniil Medvedev e Andrey Rublev como opções em simples, está no Grupo D e vai jogar contra a Argentina e o Japão.

Confira a lista de equipes e jogadores participantes da segunda edição da ATP Cup:

Sérvia: Novak Djokovic, Dusan Lajovic, Filip Krajinovic e Nikola Cacic

Espanha: Rafael Nadal, Roberto Bautista, Marcel Granollers e Pablo Carreño

Áustria: Dominic Thiem, Dennis Novak, Philipp Oswald e Tristan Weissborn

Rússia: Daniil Medvedev, Andrey Rublev, Aslan Karatsev e Evgeny Dosnkoy

Grécia: Stefanos Tsitsipas, Michail Pervolarakis, Markos Kalovelonis e Petros Tsitsipas

Alemanha: Alexander Zverev, Jan-Lennard Struff, Kevin Krawietz e Andreas Mies

Argentina: Diego Schwartzman, Guido Pella, Horacio Zeballos e Maximo Gonzalez

Itália: Matteo Berrettini, Fabio Fognini, Simone Bolelli e Andrea Vavassori

Japão: Kei Nishikori, Yoshihito Nishioka, Ben McLachlan e Toshihide Matsui

França: Gael Monfils, Benoit Paire, Nicolas Mahut e Edouard Roger-Vasselin

Canadá: Denis Shapovalov, Milos Raonic, Peter Polansky e Steven Diez

Austrália: Alex de Minaur, John Millman, John Peers e Luke Saville